André Brandão é o novo presidente do Banco do Brasil

O Banco do Brasil informou há pouco, em fato relevante ao mercado financeiro, que André Guilherme Brandão será o presidente da instituição. Ele vai substituir Rubem Novaes, que pediu demissão após permanecer por 18 meses no cargo. André é ex-presidente do HSBC no Brasil. André foi chefe do HSBC Global Market para as Américas em Nova York. Ele já passou pelo Citibank também.

As principais informações deste texto foram enviadas antes para os assinantes dos serviços premium do Congresso em Foco. Cadastre-se e faça um test drive.

O nome de Brandão já vinha sendo considerado ao cargo. O Itaú BBA, no início do mês, disse que via como positiva a então possível indicação de Brandão para assumir à presidência do BB. Em seu relatório, o Itaú afirmou que Brandão irá contribuir para “venda de ativos não essenciais e a preparação do banco para as próximas etapas”.
Veja a íntegra do comunicado do  Banco do Brasil

Em conformidade com o § 4º do art. 157 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, e
com a Instrução CVM nº 358, de 03 de janeiro de 2002, o Banco do Brasil (BB) comunica que,
após comunicação formal, via Ofício do Ministério da Economia, desta data, iniciou-se no
âmbito do BB os procedimentos de governança necessários à confirmação da elegibilidade do
Sr. André Guilherme Brandão para assumir o cargo de presidente da Companhia.
2. Fatos adicionais, julgados relevantes, serão prontamente divulgados ao mercado.
Brasília (DF), 14 de agosto de 2020.

Carlos Hamilton Vasconcelos de Araújo
Vice-Presidente Gestão Financeira e Relações com Investidores

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!