Novas regras do Prêmio Congresso em Foco serão anunciadas em 14 de maio

As regras para o Prêmio Congresso em Foco 2019 serão conhecidas em 14 de maio. A proposta de regulamento esteve sob consulta pública entre 18 de fevereiro e 28 de março, período em que foram feitas sugestões e críticas para aprimorar o processo de seleção dos parlamentares federais mais bem avaliados do país.

O prêmio deste ano vai ser entregue em 19 de setembro. Esta será a 12ª edição do projeto, lançado para valorizar o trabalho do Legislativo, estimular a população a acompanhar atentamente a ação dos deputados e senadores e enfrentar o mito de que todos os políticos são inúteis ou corruptos, base conceitual comum a várias teses autoritárias – associada a extremismos de direita e de esquerda – e ponto de partida do fenômeno da negação da política.

A principal expectativa em torno do anúncio das novas regras do prêmio está na incorporação ou não da ideia de se criar um comitê de seleção, que seria o responsável por indicar 125 deputados e 25 senadores para disputar a premiação mais importante da política brasileira. A medida causou polêmica entre colaboradores e leitores do site que participaram das discussões.

Se a ideia do comitê de seleção for mantida na versão final do regulamento, a escolha dos congressistas mais bem avaliados do ano terá duas etapas. Na primeira, os 21 integrantes do colegiado decidirão quais congressistas passarão à etapa seguinte, em que haverá a definição final dos premiados.

>> Comitê de seleção é a maior inovação proposta para o prêmio

Nessa segunda fase, serão seguidos os mesmos procedimentos adotados em anos anteriores. Ou seja, os três diferentes públicos escolherão os parlamentares a serem premiados: a sociedade, manifestando suas preferências pela internet, em processo de votação fiscalizado pela Associação dos Peritos Criminais Federais (APCF); os jornalistas que cobrem as atividades do Congresso, por meio de votação acompanhada pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal; e o júri especializado, formado por representantes do terceiro setor, do Congresso em Foco e das áreas empresarial, sindical e acadêmica.

De acordo com o fundador do Congresso em Foco e idealizador do prêmio, Sylvio Costa, a ideia do comitê de seleção surgiu após consultas a congressistas, leitores e parceiros do site e tem como objetivo “qualificar ainda mais um projeto que se tornou um marco no calendário político e social do país”.

Esta matéria foi alterada em 26 de abril, porque não deverá haver votação na Câmara entre 29 de abril e 6 de maio de 2019.

>> Veja a proposta do regulamento para 2019

>> Os vencedores do prêmio em 2018

APCFcidadaniacidadania políticamelhores parlamentaresPrêmio Congresso em FocoSylvio Costa