Prêmio Congresso em Foco pode ganhar novas regras de seleção

Estamos publicando nesta segunda-feira (18) a proposta de regulamento do Prêmio Congresso em Foco 2019, que ficará em consulta pública até 18 de março. A maior inovação é a criação de um “comitê de seleção”, ao qual caberá indicar 125 deputados federais e 25 senadores para disputar a premiação.

Se a ideia for mantida na versão final do regulamento, a ser divulgada até 23 de abril, a escolha dos parlamentares mais bem avaliados do ano terá duas etapas. Na primeira delas, os 21 integrantes do comitê de seleção decidirão quais congressistas passarão à etapa seguinte, em que haverá a definição final dos premiados.

>> Conheça os novos parlamentares federais

Nessa segunda fase, serão seguidos os mesmos procedimentos adotados em anos anteriores. Três diferentes públicos escolherão os parlamentares a serem premiados: o público, manifestando suas preferências pela internet, em processo de votação fiscalizado pela Associação dos Peritos Criminais Federais (APCF); os jornalistas que cobrem as atividades do Congresso; e um júri especializado, formado por representantes do terceiro setor, do Congresso em Foco e das áreas empresarial, sindical e acadêmica.

Todos os cinco membros do júri também estarão presentes no comitê de seleção, conforme a minuta do regulamento. O comitê incluirá ainda representantes das entidades promotoras do prêmio e “cientistas políticos, jornalistas, pesquisadores e outros profissionais de boa reputação e com comprovada experiência no acompanhamento das atividades do Congresso Nacional”.

Críticas ou sugestões para aperfeiçoar o processo de escolha dos melhores parlamentares do Brasil podem ser publicadas como comentários nesta matéria ou enviadas para o email premio@congressoemfoco.com.br.

A entrega do Prêmio Congresso em Foco será em 19 de setembro, em Brasília. Esta será a 12a edição do projeto, lançado para valorizar o trabalho do Legislativo, estimular a população a acompanhar atentamente a ação dos deputados e senadores e enfrentar o mito de que todos os políticos são inúteis ou corruptos, base ideológica de várias teses autoritárias e do fenômeno da negação da política.

De acordo com o fundador do Congresso em Foco e idealizador do prêmio, Sylvio Costa, a ideia do comitê de seleção surgiu após consultas a congressistas, leitores e parceiros do site e tem como objetivo “qualificar ainda mais um projeto que se tornou um marco no calendário político e social do país”.

Acesse o regulamento e contribua para aprimorá-lo

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!