Lula é absolvido em processo por tráfico de influência internacional

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi absolvido pela juíza Maria Carolina Akel Ayoub, da 9ª Vara Criminal Federal de São Paulo, em processo no qual era acusado de tráfico de influência internacional. Além de considerar fracas as provas disponibilizadas contra o ex-presidente, os fatos teriam ocorrido há mais de seis anos, tempo necessário para a prescrição.

O conteúdo deste texto foi publicado antes no Congresso em Foco Insider, serviço exclusivo de informações sobre política e economia do Congresso em Foco. Para assinar, entre em contato com comercial@congressoemfoco.com.br.

A sentença diz respeito a acusações de que logo após o fim de seu segundo mandato, Lula teria sido contratado pela construtora OAS (atual Grupo Metha) para influenciar o governo da Costa Rica a fazer negócios com a empresa.  A informação veio do até então presidente da construtora, Léo Pinheiro. Já tendo decorrido o prazo prescricional para o crime de tráfico de influência (originalmente de 12 anos, mas caindo para seis por conta da idade de Lula), a juíza determinou sua absolvição e também o arquivamento do processo em relação aos demais investigados. Confira a seguir a íntegra da sentença:

> Movimentos sociais pedem sanção de projeto que auxilia agricultura familiar

> Senado vota projeto que pretende por fim à insegurança jurídica com o IPI

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo