Congresso em Foco

Página já reúne mais de dois milhões de mulheres e já tinha sido alvo de hackers[fotografo]Reprodução[/fotografo]

Grupo de mulheres contrárias a Bolsonaro retoma conta hackeada no Facebook

17.09.2018 12:00 7

Publicidade

7 respostas para “Grupo de mulheres contrárias a Bolsonaro retoma conta hackeada no Facebook”

  1. celso vasconcellos disse:

    Porque vocês não veiculam notícia informando que há um grupo “MULHERES COM BOLSONARO” que já tem mais de 1.300.000 participantes? Não adianta chiar… Bolsonaro vai ganhar.

    • Fábio disse:

      Muito bem colocado.
      Como confiar nessa imprensa partidária, que faz torcida ao invés de informar, que conta apenas meias verdades? Na imprensa de hoje temos de nos atentar mais ao que foi omitido do que àquilo que foi dito.

  2. ALMANAKUT BRASIL disse:

    Povo gosta de gente honesta; quem gosta de bandido é jornalista. (Reinaldo Azevedo – Veja – 02/02/2009

  3. ALMANAKUT BRASIL disse:

    Proverbio Portugues: Em terra onde não há onça, veado escaramuça.

    Governo Fernando Haddad, do PT, defende mulher da bandeira na vagina que defeca em Bolsonaro – (Blasting News – 16/06/2016)

  4. Valdir disse:

    Repetindo o que já postei sobre esse caso.
    Essa página é a que era da “Gina Sincera”, que realmente tinha mais de 1 milhão de seguidoras. Acho que chegou quase a 2 milhões. Foi comprada por um grupo de esquerda e mudaram o nome. A maioria esmagadora das seguidoras da Gina Sincera pularam fora e aí o grupo que comprou a página encheu de seguidores FAKE. Essa página sequer tem 50.000 seguidoras reais. Tudo FAKE. Repetindo: TUDO FAKE!

  5. Fábio disse:

    Ok, mas cadê o grupo criado por essas feministas contra Ciro Gomes? Ele já declarou que o lugar da mulher é servindo-lhe na cama.
    Será que elas também farão um grupinho do tipo e protestarão contra o Haddad? Ora, estamos falando do fantoche de presidiário que defende Lula incondicionalmente (aquele que insultou as mulheres chamando-as de grelo duro) e colocou a mulher empoderada Manuela D’Ávila no banco de reserva.
    São perguntas retóricas. O que move essas mulheres é vício ideológico, ódio contra a direita e submissão ao establishment, não verdadeiras preocupações feministas. Do contrário, não se submeteriam de forma humilhante a machos da antiga, brancos e cis como Ciro e Lula, demonstrando uma ausência impressionante de sororidade, para utilizar a novilíngua lacradora.
    Em 2014, a desculpa para as feministas apoiarem Dilma é que ela era a única candidata mulher. Pois bem, por que não estão fechadas com a Marina dessa vez então? Eis o famoso duplo padrão moral da esquerda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via