Congresso em Foco

Em resposta às criticas, Gleisi postou em seu Twitter que "deixar de ir seria covardia, concessão à direita"[fotografo]Marcelo Camargo / Agência Brasil[/fotografo]

Criticada, Gleisi diz que não ir à posse de Maduro seria “covardia”

11.01.2019 14:52 12

Publicidade

12 respostas para “Criticada, Gleisi diz que não ir à posse de Maduro seria “covardia””

  1. Edison Sampaio disse:

    Meu Deus! E será que essa mulher foi à posse do ditador às nossas custas?

  2. Aristóteles Barros da Silva disse:

    Bem simples: muito obrigado, Gleisi, por nos representar na posse do Presidente Democraticamente Eleito, Nicolás Maduro. O povo venezuelano sabe muito bem que os/as brasileiros/as de bom senso nada têm contra eles. A briga se restringe a estadunidenses saqueadores, apoiados por baba-ovos do imperialismo yanke. Mais uma vez, obrigado por representar o povo brasileiro amante da paz!

  3. MARISTELA disse:

    Obrigada !!!! Mais um tiro no proprio pe !!!!!! Em breve nao existirao mais !!!!!!

  4. neli faria disse:

    Se ela foi com seu dinheiro, tudo bem. se foi com o NOSSO DINHEIRO:devolva.

  5. Valdir disse:

    Mais conhecida como “amante” ou “coxa”!
    Quanto à Venezuela, essa é fácil liquidar. É só os países clientes dela, como os Estados Unidos, deixarem de comprar petróleo por 6 meses. Garanto que todos os militares que hoje apoiam esse ditador pilantra se voltam contra ele e o jogam na sarjeta.

  6. João Orestes Daruy disse:

    Pirigueti cagona, vai procurar tua turma!

  7. ALMANAKUT BRASIL disse:

    Quando é que a “Barbie do Paraguai” irá mijar na boca do boi e sua Organização Criminosa será extinta?

  8. Jailton Falcao Silva disse:

    Estar devendo muito

  9. Jailton Falcao Silva disse:

    E contra o Brasil

  10. Marcos Vinicius disse:

    Cabelinho de faz de conta.
    Pilantra.
    Precisamos extinguir gente assim em praça pública

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via