Congresso em Foco

União terá de pagar R$ 59 mil a Deltan Dallagnol por ofensas de Gilmar

10.08.2020 23:22 10

10 respostas para “União terá de pagar R$ 59 mil a Deltan Dallagnol por ofensas de Gilmar”

  1. Valdir disse:

    Joaquim Barbosa avisou: “Esse cara vai envergonhar o STF!”

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      Achei engraçado o desfecho dado pela Justiça. O Gilmar fala as besteiras em uma entrevista desnecessária e inapropriada e quem paga a indenização por danos morais é a União. A União são os pagadores de impostos. Não é fácil ser ministro do $TF? Dá a entrevista que bem quer, fala o que bem quer e quem paga é o contribuinte.

      • Valdir disse:

        Infelizmente nossa Pátria teve o azar dos franceses, ingleses e holandeses terem sido incompetentes para tomar essa terra de tupiniquim dos portugas.

  2. Elena disse:

    Um traidor ser recompensado por ter se sentido ofendido porque alguém lhe disse umas verdades? Tá todo mundo louco, oba! Tá todo mundo louco, oba!

  3. João Cândido disse:

    Falar pra querer, tá loco, se um juiz da suprema corte tá condenado, imagina um anonimo cidadão, que pagou impostos pra arrecadar esse valor, tô
    fora! fui.

  4. Alexandre Picelli disse:

    Enquanto isso o senado ouve musica com fone de ouvido e usa óculos escuro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via