Congresso em Foco

O presidente da OAB, Felipe Santa Cruz [fotografo] Fernando Frazão/Agência Brasil [/fotografo]

Presidente da OAB diz ver má-fé em advogados de investigados por fake news

05.06.2020 23:15 14
Atualizado em 09.06.2020 07:21

Publicidade

14 respostas para “Presidente da OAB diz ver má-fé em advogados de investigados por fake news”

  1. RômuloJ. Vieira disse:

    A OAB esse sindicatão cheio de primazias esquisitas, deveria cumprir sua função básica que é prestar auxilio direto e básico aos seus filiados, os advogados, e mais nada!

  2. João Batista disse:

    Esse presidente (infelizmente) da OAB, é um boquirroto, falastrão, da esquerda tupiniquim! Não merece crédito!

  3. roberto azmann disse:

    QUEM É ESSE ELEMENTO COMUNISTA PARA VER ALGUMA COISA E AINDA SE DAR AO LUXO DE QUERER OPINAR?
    POR QUE NÃO TE CALAS, souza cruss?

  4. Antonio Carlos Wanderley disse:

    Ha bastante tempo temos visto advogados fazerem um papel ridículo para defender corruptos e poderosos. Por outro lado, neste caso, além de muito dinheiro, ainda, possuem apoio do poder executivo que “lucram” com as ações dos acusados.

  5. Henri Croisille disse:

    Um Falastrão.

  6. Socorro Araújo disse:

    Essa Sara Winter, em um país sério já estaria presa há muito tempo. Uma bandida vulgar e desbocada que está pagando advogados com o nosso dinheiro. Tenho certeza que as investigações chegarão aos verdadeiros mantenedores desses criminosos.

  7. cmobhz . disse:

    Essa justica no Brasil esta um “absurdo total”! Um presidente da OAB “esquerdista confesso” ajudando as injusticas desse STF! Vergonhoso!

    • Antonio Carlos Wanderley disse:

      Será que estão ajudando as injustiças ou tentando moralizar um pouco nosso pais? Vergonhoso é produzir fake news e, especialmente, recebendo dinheiro de nossos impostos que tanto faltam na saúde, educação, etc. Vergonhoso é um governo pagar para “testas de ferro” agredirem opositores; Vergonhoso é gente que “se vende” para ganhar o que nunca conseguiriam se dependesse de competência, ética, moral e honestidade, etc.

      • roberto azmann disse:

        VERGONHOSO, É SER lulista COMO A SENHORA.
        BOLSONARO 2022, 2023, 2024, 2025, 2026, 1o TURNO
        #FECHADOCOMBOLSONARO

      • Nanda Videl disse:

        dona Xoice curtiu sua defesa. Essa CPMI é uma piada. Que bom que não temos coisas mais importantes para nos preocuparmos, já que está sobrando tempo e dinheiro para essas futilidades hipócritas..

        • Antonio Carlos Wanderley disse:

          Temos muitas coisas importantes a resolver, entretanto, a divulgação de notícias falsas, inventadas, agressivas, descabidas, imorais e irresponsáveis é uma delas. Nada se faz com mentiras, com agressões gratuitas e descabidas. Aliás, as coisas importantes que deveriam ser feitas pelo governo federal estão relegadas a segundo, ou melhor a 5º plano. Sequer começou a governar e esta fazendo campanha para as próximas eleições. Campanha política se faz com ações, com projetos, com soluções e não tentando denegrir concorrentes. Por falar em “hipocrisia”, poderia citar uma única ação deste governo para reverter o caos economico e moral, recuperar empregos, promover crescimento, criar ambiente favorável a investimentos, etc?

    • roberto azmann disse:

      VERGONHOSO COMO O PRÓPRIO souza cruss É.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via