Congresso em Foco

Ação será analisada em plenário virtual do STF. Estimava projetada pela União, impacto para os cofres públicos é de R$ 9,7 bilhões. Foto: José Cruz/ ABr

Ordens e contraordens sobre prisão de Lula mergulham Judiciário na polarização

09.07.2018 15:17 9

Publicidade

9 respostas para “Ordens e contraordens sobre prisão de Lula mergulham Judiciário na polarização”

  1. Fábio disse:

    Exagero falar em polarização, já que isso pressupõe uma divisão entre forças de igual poderio e conflitantes.
    Houve apenas uma decisão isolada e esdrúxula a favor do presidiário, prontamente desautorizada pelos juízes competentes para examinar o caso.

  2. Flamínio Freua disse:

    “Jesus não tem dentes no pais dos banguelas”
    Moro foi perfeito na artimanha do Pt e “seu” desembargador querer tirar Lula da cadeia, em momento algum infringiu a hierarquia Judiciaria, apenas como responsável pela Policia Federal onde encontra-se Lula, formalizou o pedido para analise do Desembargador Gebran relator do processo, entendendo que o Fraveto não tinha competência para tal, como depois foi confirmado. A Imprensa insinuou que era Moro que desobedeceu uma ordem superior. Agora mais do que nunca, precisamos excluir do quadro dos Tribunais de Justiça toda e qualquer pessoa “indicada” por Presidentes ou outro tipo de apadrinhamento, só permanecer Juízes concursados !!!

  3. Henrique Da Silva disse:

    Esse Sérgio Moro é uma fraude…

  4. MAIS UMA TREMENDA DERROTA PARA O LULA QUANTO A SUA LIBERTAÇÃO DA CADEIA!
    Esses petralhas não desistem, tentaram mais uma vez dar um golpe, tentando soltar o Lula da cadeia, eles tinham tantas presas que já tinham até liberado o exame corpo de delito, que todos presos fazem quando deixam uma prisão. Mas eles pensam que todo o Judiciário está cego e se deram mal. Tanto foi um golpe que tentaram dar que o desembargador plantonista não tinha competência para soltar o Lula. Este desembargador Rogério Favreto, este desembargador é petista de carteirinha e foi indicado para o Ministério Público no governo da ex-presidente Dilma. Devido o impasse entre o desembargador Rogério Favreto e o relator da Lava Jato no (TRF-4), quem podia e quem não podia acatar o habeas corpus para liberar o Lula da cadeia, aí entrou em sena o presidente do Tribunal Federal da 4ª Região (TRF-4), Thompson Flores dar a palavra final: Lula permanece preso. Os petralhas como sempre convocaram os partidários, apoiadores e simpatizantes de Lula pelas redes sociais a se juntarem em pontos específicos nas capitais, mas não adiantou nada e o Lula teve mais uma derrota e muitas virão se ele e o seu bando do PT tentarem de novo. Lula falei e falo de novo, você enganou o povo brasileiro fingindo em protege-lo, mas preferiu investir os nossos pesados impostos em ditaduras comunistas africanas e da América Latina, em vez de investir em saneamento básico, saúde, educação e segurança no país. Você amava tanto o povo, principalmente o nordestino que parou uma obra que iria beneficiar tanto o povo sofrido do Nordeste, a transposição das águas do Rio São Francisco para construir um grande porto na ditadura comunista Cubana. Por isso, acabou a política pra você e a sua gangue do PT, simplesmente porque o povo não acredita mais em você e para o seu azar as investigações da Lava Jato veio abrir os olhos e as mentes do povo.

  5. Marcio Mira disse:

    Foi vergonhoso. Moro errou e caiu na armadilha montada pelo PT. E esse desembargador agiu de má fé na soltura. Mas a justiça precisa explicar por que processos contra tucanos não andam. Azevedo, aposentado, foi preso só agora. Então tem punição, mas não para tucanos.

  6. Jeferson Matos disse:

    A justiça não é impessoal. Não existe isso. Pra mim Lula tem que ficar preso.

  7. Lucas disse:

    essa polarização do judiciario ocorre em função do modo como os ministros de tribunais superiores no Brasil são indicados. Como levar a serio a decisão de um Gilmar Mendes, claramente indicado pelo psdb para sepultar causas que envolvam o psdb. o mesmo pode ser dito do dias toffoli e lewandowski, indicados pelo pt, ou marco aurelio melo indicado pelo primo collor de melo. os tribunais de justiça nos estados obedecem aos mesmo esquema. a justiça dos tribunais supeiores no brasil tem patrão, e esse patrão não é o povo brasileiro, mesmo sendo estes quem bancam essa bauburdia toda. tanto quanto a politica, o poder judiciario precisa ser recuperado pelo povo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via