Congresso em Foco

O receio é que a ausência dos profissionais de Cuba leve à desassistência básica de saúde a mais de 28 milhões de pessoas[fotografo]Agência Brasil[/fotografo]

Prefeitos farão apelo a Temer pela manutenção de médicos cubanos no país

19.11.2018 09:09 100

100 respostas para “Prefeitos farão apelo a Temer pela manutenção de médicos cubanos no país”

  1. C. Luiz disse:

    Bolsonaro parece estar mais preocupado com a situação dos cerca de 8.000 médicos CUBANOS do que com a situação dos cerca de 28.000.000 de BRASILEIROS que ficarão sem assistência médica. Esquece o problema dos cubanos!!! Mal ou bem eles têm uma profissão que lhes garantem viver como pobres sim, mas com dignidade. É preciso por o foco no povo humilde do interior do Brasil, que sempre sofreu com o problema da desistência médica.

    • forposts disse:

      Eles já tem uma assistência médica REAL agora? São realmente médicos? Essas pessoas não estão correndo risco de saúde? Estão realmente tomando os remédios prescritos corretamente? Há notícias, desde que esses cubanos vieram, que houve inúmeras prescrições erradas. Só imbecis e irresponsáveis pela própria saúde se sujeitam a ser tratados por pessoas sem que a competência seja auferida.

  2. Rodrigo disse:

    O maior prejudicado será o povo brasileiro. Não era para ser o “Brasil acima de tudo”?

    • forposts disse:

      Será que o povo está realmente sendo atendido por médicos de verdade?

      Por que tanto medo de ficarem com o REVALIDA?

      Ficaram tão assustados com a prova que debandaram em massa, O REVALIDA poderia mostrar que o PT não pensou no povo, pensou no bem dos Castros, somente.

      • Rodrigo disse:

        Você devia procurar se informar sobre a qualidade da medicina cubana que, aliás, é a única coisa que presta naquele país. Porém, não anunciar qualquer programa de substituição desses médicos é prejudicar o NOSSO POVO, e não o deles. Em português bem claro, no curto prazo os únicos que vão sentar no kibe somos nós. A longo prazo será esse presidente desqualificado que vai rodar.

        • forposts disse:

          Todo médico cubano que pediu exílio no exterior, e não foram poucos, foram milhares, nos países onde foram exilados precisaram passar por anos de “reformação” e ainda por provas de avaliação depois da “reformação” para clinicarem, e muitos deles não conseguiram ter autorização para clinicar. Qualquer criacinha medianamente informada sabe disso.

          • Rodrigo disse:

            Acredito que a “criacinha” medianamente informada (que suponho ser você) deva ter aprendido isso pelo UniWhatsApp, correto? Não encontrei qualquer informação na internet que valide suas “suposições” de alto índice de reprovação na revalidação de diplomas dos médicos cubanos exilados. Mas se você diz, e o UniWhatsApp também, deve ser verdade.

          • forposts disse:

            Uma criancinha alfabetizada por um professor de verdade sabe pesquisar melhor que você. Que feio.

            “Médico cubano é afastado por prescrição errada. 22 Novembro 2013 | 02h04 Profissional é acusado de indicar dose 4 vezes maior de dipirona para bebê; mãe e vizinhos de posto de saúde, porém, defendem retorno dele ao trabalho. ”

            ” CRM denuncia médica cubana por prescrever medicamento errado a paciente. 30/11/2013. O Conselho Regional de Medicina do Maranhão fez uma revelação surpreendente sobre uma médica
            cubana que está no Brasil atuando no “Programa Mais Médicos”. A
            profissional teria prescrito a medicação chamada metocarbamol, exclusiva
            para o uso veterinário, e que no Brasil serve para cavalos, cães e
            gatos.”

            “No AP, farmácias recusam receitas prescritas por médicos cubanos. 17/01/2014 . Farmácias de Macapá estão recusando receitas prescritas por médicos
            cubanos que atuam na cidade através do programa “Mais Médicos”, do
            governo federal. As receitas teriam erros nas descrições de nomes e
            doses dos remédios, conforme apontou Julio Cesar Souza vice-presidente
            do Conselho Regional de Farmácias (CRF/AP).”

            Quer que eu chame minha sobriinha de seis anos já alfabetizada para te ensinar a pesquisar?

          • Rodrigo disse:

            Falávamos sobre revalidação dos diplomas e você volta com erros médicos. Seu caso seria de analfabetismo funcional?

  3. wolf disse:

    Ara, ara! – é necessário ser muito “coxinha” para não perceber que a ida dos médicos cubanos embora será péssimo para o Brasil. O problema é que eles, simples como soe ocorrer aos pobres com cultura, são na maioria da mesma etnia dos nossos conterrâneos que eles atendiam e eles estavam cuidando dos nossos como iguais que são, indo nos seus casebres e barracões, viajando até 2 dias de barco para atende-los e isto é inadmissível a quem não percebe a difícil vida dos outros. – Será que o ódio suplantará o amor no Brasil?

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      Conversa fiada. Já tem muitos negros, mestiços e indígenas formados em medicina. O problema não é racial, é salarial. Enquanto o governo federal paga um valor de R$ 11.520,00 por médicos, os prefeitos querem pagar um salário mínimo. Manda eles pagarem 11 contos e meio de salário. para ver se os médicos não vão?

  4. Sou Brasileiro! disse:

    chikungunya herança maldita dos petistas!

  5. MOZART FALEIROS disse:

    Este site devia ouvir também as entidades médicas (CFM, AMB, CRMs, Sindicato dos Médicos, etc.) ao invés de apenas um lado desta questão delicada. Esta flagrante tendenciosidade coloca os 400.000 médicos brasileiros como vilões gananciosos e os 8.000 médicos cubanos como os heróis abnegados! Que espécie de democracia é esta, que divulga a versão de um lado só?

  6. Jose Antonio Costa disse:

    É FACADA OU É CÂNCER?
    TODOS OS MÉDICOS DO COISO SÃO ESPECIALISTAS EM CÂNCER

  7. Jose Antonio Costa disse:

    SE O COISO TÁ COM CÂNCER, FOI A MAIOR ENGANAÇÃO ELEITORAL DO MUNDO .
    (A FACADA)

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      Se tudo der certo o câncer do Coiso vai voltar e o câncer da Coisa sucessora do Coiso também vai voltar. E dessa vez eles vão ter de pagar o tratamento caríssimo do Sírio & Libanês com o dinheiro deles mesmo. Aquela Previdência PrivadaGorda que cada um deles tem.

  8. Sou Brasileiro! disse:

    A hora e analisar e ver quem está ganhando com esse programa porque o povo mesmo eu tenho certeza ,nada!
    Nossa saúde pública está falida .

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      Quem está ganhando é o PT. O médico recebe R$3.000,00, Cuba recebe R$ 8.520,00. E desse valor, repassa a parte do PT em paraíso fiscal. E o TeMMer se omitiu esses 2 anos e meio e deixou essa merda continuar rolando. O PT mesmo fora do governo continuou roubando no governo TeMMer.

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      Quem está ganhando são o PT e o seu Líder LuLLaDDrão. O TeMMerDDão deveria ter acabado com isso e se omitiu. Todo mês vão para Cuba R$ 8.520,00 x 8.300 médicos = R$ 70.716.000,00. Ou seja 848.592.00,00 por ano.

  9. wolf disse:

    Parece que estamos entrando numa era de escuridão e que o Deus Verdadeiro, o da bondade, da sensatez e da generosidade está a nos abandonar de novo. As vezes penso que ser alheado é melhor.

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      Verdade. Vai sair o santo e bondoso governo do PT, que só fez o bem e entrar o malvado Bolsonaro, que só vai fazer o mal.

    • forposts disse:

      Um não existe, o tal de “Deus Verdadeiro” que foi inventado por homens das cavernas, indiferente, alheio ao sofrimento, infeliz, e os “deuses terrenos” estão na cadeia.

      Isso é para que nós não sejamos trouxas acreditando em salvadores que não existem. Estamos por conta, e dependemos de nós para melhorar.

  10. Sou Brasileiro! disse:

    Temos que dar emprego ao nossos profissionais primeiramente e depois ver se e viavel manter esse programa . Passar um pente fino, porque dizem que existe inregularidases e pagar aos médicos não o didatores de Cuba.

  11. Ernesto Freire Pichler disse:

    É uma cre ti nice ideológica dizer que os médicos cubanos eram “escravos”. Vieram livremente contratados, avaliados pela OPAS, e recebiam um salário mensal de R$11.000,00. Deste salário ficavam com 1/3 para sua subsistência, que era plenamente suficiente. Outro 1/3 ia para a família em Cuba, e outro ia para o governo cubano, sendo essa parte menor que os impostos pagos pelos médicos brasileiros (quando não sonegam). O recebido pelo governo cubano destina-se a custear a formação de mais médicos e a prestação de serviços médicos em países que não podem pagar.

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      Cretino é quem repercute esse tipo de notícia. Custavam R$ 11.520,00 cada um por mês. Eles mesmo recebiam R$ 3.000,00 de salário. Os outros R$ 8.000,00 por mês do salário iam para Cuba para financiar a ditadura castrista, que está prestes a completar 60 anos de existência. E lógoco que uma parte desses R$ 8.000,00 enviados para Cuba era a comissão do PT

      • Teresinha Winter disse:

        Tens prova disso? kkkkkkkkkkk

        • Jorge Teixeira Carneiro disse:

          Está em toda a imprensa. O custo, quanto eles recebiam, quanto era enviado a Cuba, quanto custou até hoje. Tudo. Aqui a im prensa ainda é liver, não é como lá, onde só tem um jornal.

          • Ricardo Morais disse:

            A pessoa não tira o “Antolho”, só lê carta capital e blog do esmael. Não tem jeito assim, pela visao deles cuba é bonzinho e o haddad é o presidente.

          • beto disse:

            Vc não tem antolhos, jura?. huahauhauhauahuhauhau

          • Ricardo Morais disse:

            Ta precisando de um pouco de feno aí? kkkk

          • beto disse:

            Vc se acha inteligente, culto, “safo”; Mesmo, jura?.. huahauhauhauhuahuahua

          • Ricardo Morais disse:

            Depois de ler os seus comentários abaixo desisti. Você é realmente muito culto e inteligente, mas talvez perto dos seus pares. Falar em “Gorpi” pra mim acabou o assunto. Este tipo de pessoa nem merece minha atenção. Continua com antolho é ainda puxando carroça, abraços.

          • beto disse:

            Isso, melhor rever sua gramática, ao invés de querer parecer inteligente na “net”. Ainda por cima, tens síndrome de Pitonisa!. (…rindo muito…)

        • Jorge Teixeira Carneiro disse:

          Se você for ler na página política do Granma, vai ver que Cuba ainda vai dizer que ajudava o Brasil do PT….kkkkkkk….Resolveu parar de ajudar.

        • forposts disse:

          A sociedade toda, principalmente os mais pobres, está esperando que a esquerdalha faça uma “vaquinha” bilionária entre os seus membros para pagar com juros e correção monetária tudo que foi surrupiado do Tesouro e das estatais, das negociatas, dos empréstimos feitos ao amigos estrangeiros de vocês que nós nunca mais vamos ver o dinheiro (Cuba e Venezuela, principalmente), e que paguem a indenização dos que ficaram anos sem emprego por causa da incompetência da gestão de vocês. São 12 milhões de desempregados que ficaram anos sem receber. Faça as contas.

          Quanto a senhora pode contribuir? Vamos começar pelo pagamento da indenização que a Petrobras teve de pagar aos acionistas estrangeiros. Sim, a roubalheira da Petrobras no seu governo, que fraudou a contabilidade, gerou prejuízo para todos. A responsabilidade não é só do gestor, é dos partidários também, afinal, vocês são um partido. Quando assumem cargos comissionados e levam salário para casa, tudo bem, isso pode, mas quando causam prejuízo quem paga a conta somos nós? Não, esse prejuízo não pode ser repassado ao preço do combustível, logo, para nós, quem tem de pagar são vocês. Que estória é essa de quebrar um país, quebrar as estatais e passar a conta para todos nós pagamos? Somos trouxas?

          Então comecem a correr a sacolinha, ok? Vão lá para Curitiba exigir a parte do presidiário que ficou no exterior. Vá, mexa-se, senão vocês vão ter de pagar essa parte também.

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      R4 8.000,00 não. R$ 8.520,00

    • Ricardo Morais disse:

      Para família Castro você quis dizer né? Porque era pra eles que ia a maior parte do dinheiro. Essa de 1/3 para família você tirou do blog do esmael, carta capital, de onde foi? Cuba prestando serviços médicos gratis, esta é boa. Tira o seu “antolho”.

    • forposts disse:

      Cretinice ideológica é um governo sem vergonha na cara promover a debandada de seus cidadãos pelo medo de finalmente nós podermos medir a competência deles. Provem que são competentes, fiquem.

      Os médicos cubanos são explorados, sim, qualquer criancinha vê isso.

      Se uma empresa fizesse o mesmo, se uma empresa norte-americana vendesse serviços médicos para países pobres cobrando 11 mil reais e passando só três mil reais ao médico, e mais, com medo desses médicos pedirem exílio mantivesse a família refém e só passasse 30 dólares mensais para eles, como acontece em Cuba, como você chamaria essa empresa? Você faria protestos, tiraria a roupa e se jogaria do décimo andar em honra a causa nobre de ser contra a exploração, a ONU teria um chilique.

      Chamariam essa empresa de exploradora, “capitalista selvagem”, antidireitos humanos, porque mantém os familiares reféns, também.

      Mas como é Cuba, vamos relevar. Pobrezinhos. É o país da utopia fo)dida que nunca funcionou, ah, passam na fila para comprar papel higiênico, não tem bem band-aid para tratar ferimentos, vamos relevar. Tem de defender a jaguarada dos Castros que tem mais de um bilhão de dólares de fortuna e paga 30 dólares mensais para os seus “cidadãos”. Isso sim é amor ao cidadão, isso sim é tratar bem o cidadão. Claro que não é exploração.

  12. Luiz Carlos de Almeida disse:

    Começou bem mal. Com mais ou menos 10 mil médicos indo embora. Ainda afirmou que não tem plano de emergência para a situação criada. O voto salva mas se mal usado mata. O plano agora deve ser que cidades do interior contratem benzedeiras para resolver as questões de saúde.

    • Altair Borges disse:

      Há muito cheguei a seguinte conclusão: Se a esquerda criticar é porque é bom para o Brasil. Discutir com petista é o mesmo que fazer um risco na água, é perda de tempo. Simples assim!

      • Teresinha Winter disse:

        Falo o mesmo em relação aos bolsominions. Minha esperança são os 89 milhões que não elegeram esse presidente.

        • Adriano Rodrigues disse:

          Sua esperança deveria ser: torcer para este país se tornar um país descente para os brasileiros que votaram no Bolsonaro, para os que votaram no Haddad, no Ciro, no Alckmim, no Amoedo e aí por diante, para de criticar senhora e faça a sua parte.

        • Jorge Teixeira Carneiro disse:

          o LuLLa e a DiLLma ainda receberam ”MENAS” votos que o Bolsonaro. Só para a sua ciência.

        • J. Costa disse:

          Teresinha Winter! Coloca na sua cabeça, 89 milhões não elegeram esse presidente, mas em contrapartida, mais de 100 milhões de eleitores não quiseram o PT de LULA e HADDAD… é só você fazer as contas…

        • forposts disse:

          Ué, não eram os coxinhas os “inimigos”? Mudou?

          Esses dias estava pensando isto: como é interessante a vida… durante meses do último ano, enquanto os MAVs do PT xingavam de “coxinha” os lúcidos contrários que mostravam os podres do PT, lúcidos, a maioria, que não tinham partido nem ideologia, esse mesmo povo, agora virou bozominions? Não.

          Simplesmente esse povo não quer mais a cambada de incompetentes do PT. Não caiu a ficha ainda? É uma maioria, sim. Quem não votou no tio Bozo votou nulo ou não votou, não votou na quadrilha do PT, da mesma forma. Se não quisessem o tio Bozo, votariam na quadrilha e não anulariam nem deixariam de votar. Então seu argumento numérico é falacioso.

          Seria bom vocês caírem na real, fazerem a lição de casa, deixarem apodrecer seus líderes corruptos que formaram a maior quadrilha política que se viu na história e tomarem vergonha na cara.

      • Sou Brasileiro! disse:

        Tudo que eles defendem e o que beneficia suas contas bancárias.
        E o zica precisamos saber porque o povo do nordeste foram os mais afetados.

      • Aparecido José Silva disse:

        Concordo. E 28 milhoes de desassistidos pode ser exagero, senao vejamos: dos 1575 municipios dos quais 80% com menos de 20.000 daria muuiito menos!! Ha milhares de municipios menores que 5.000 hab…Essa conta não fecha!

    • Ivan Ferreira Barbosa disse:

      Você está equivocado,sou médico em Alagoas,simplesmente os prefeitos colocaram para fora os médicos alagoanos com a chegada dos médicos Cubanos,porque quem paga é o governo federal,o que não falta é médico,os prefeitos querem pagar um salário vergonhoso.

      • Jorge Teixeira Carneiro disse:

        Claro. O que to prefeito quer é roubar e enriquecer. O falso ”médico” cubano era pago pelo Programa ”Maus Médicos”. O prefeito economizava não pagando médicos e sobrava mais do orçamento para roubar junto com os vereadores da cidade.

      • Teresinha Winter disse:

        Mentira. Muuuuitos não se inscreveram no Mais Médicos. Não queriam os 11 mil. Era pouco. Se houve casos de demissão dos médicos pelos prefeitos deveriam ter denunciado ao Ministério Público por “improbidade administrativa”, perfeitamente provada.

        • Ricardo Morais disse:

          Você fala com total conhecimento de causa né? Conhece muito bem todos médicos brasileiros, claro, sabe que eles não precisam de dinheiro para pagar contas, vivem fazendo fotossíntese. Os médicos cubanos atendiam aqui para ter uma vida melhor pra família que ficou presa no país deles. Eu conheci cubanos, você não sabe nada da história de vida deles muito menos dos médicos brasileiros. Devia se calar.

    • Ana T Bonis disse:

      Não adiantou oferecer asilo. Pelo visto, os medicos cubanos preferem voltar para Cuba. O governo eleito não entende q nem todo mundo está a venda. Nem todo mundo tem como meta ficar rico exercendo seu oficio. Há uma clara discrepância na formação dos médicos cubanos em relacao aos médicos brasileiros. Uns visam apenas o dinheiro, enquanto outros, tratar bem, com humanidade o paciente. Uns servem a industria da doença, a industria farmacêutica, enquanto outros servem o paciente, tratando da saúde física e mental. No dia-a-dia sentimos nos hospitais, clinicas e consultoria na pele a mercantilização da medicina no Brasil.

      • Jorge Teixeira Carneiro disse:

        Discrepância. Você chama um curso de medicina com três anos de duração de discrepância?

        • Teresinha Winter disse:

          Não são 3 anos, né? Nem vou falar nada, vai pesquisar.

          • Jorge Teixeira Carneiro disse:

            Vc é petista. Se o Bandido Chefe mandar vc chupar o parafuso até virar prego, voce vai fazer e defender o ”malfeito”.

          • beto disse:

            Deixar pessoas pobres desassistidas, por ideologia, é fazer benfeito? … Quem discorda de sua opinião é petista, simples assim, não existe outros partidos e outras correntes?… vc é algum tipo de Pitonisa? huahauhauhauah

          • forposts disse:

            Como é? Desassistidas por pessoas que não se provaram que são médicos de verdade, que têm REAL competência para exercer a profissão?

            Você está falando de fantasmas enquanto essa prova não existir. Procure no Google notícias de erros básicos de prescrição de medicamentos, são muitas.

            Cuba não tem nem band-aid para curativos, como pode ter dinheiro para ao menos comprar livros – que são caríssimos – para ajudar na formação de médicos realmente competentes? Não se faz Medicina de ponta com centavos de dólar.

          • beto disse:

            Cara, sou totalmente contra o comunismo, -antes que me escrevas bobagens-. Mas, a medicina cubana é considerada uma das melhores do mundo, e, se não sabes disso, não tens condições de discutir nada!

          • forposts disse:

            Amiguinho, me aponte uma fonte confiável disso. Todos os médicos cubanos que pediram exílio no exterior, principalmente nos EUA, precisaram passar por um grande tempo de “reformação”. E mais, qualquer crinacinha de 12 anos que sabe pesquisar no Google vai encontar muitas notícias de erros de prescrição de remédios aqui.

            Você confunde asssistência social – em termos quantitativos e acesso gratuito (universalidade) – com qualidade real. Claro que se o número for baixo nessa relação, qualidade será precária, mas não adianta tem um número alto ( médicos sobrando) para significar qualidade REAL.

            Uma coisa é você dizer que toda a população tem x médicos por pessoa em números ótimos, outra muito diferente é medir a qualidade desse atendimento real.

            Em Cuba tem tanto médico “sobrando” em relação a números referenciais mínimos que passa a impressão que isso significa qualidade. Não é qualidade, é só excesso de médicos (se dizem médicos).

            Em Cuba não tem dinheiro para ter band-aid para tratar ferimentos leves, imagine então se terá livros de qualidade (caros) e equipamentos (caros) que hoje se precisa para ensinar de forma adequada um médico. A formação em medicina de verdade é muito cara, e Cuba não tem onde cair morta, simples assim. Então que milagre é esse? Não tem milagre. Tem muita onda e muita ideologia, o que menos tem é responsabilidade.

            Se fossem responsáveis mesmo, não fariam uma debandada, ficariam, provariam que são bons.

          • Jorge Teixeira Carneiro disse:

            Sou do tipo que detesta petista profissional feito essa aí.

      • André Rocha disse:

        Mais uma besteira. Eles querem voltar voltar porque as famílias ficaram por lá. Aposto que vc também não sabe, que uma das exigências para serem selecionados, é possuírem famílias, pois caso não tenham, não podem vir. Pergunta de 1 milhão, que eu sei que perderás. Por que eles querem voltar para ilha?

      • ezequiel-sp disse:

        Vice-ministra de saúde de Cuba perde emprego porque seu filho médico quer ficar no Brasil – notícia que vc vai ver mais à frente. Pq será?

      • forposts disse:

        Eles não preferiram voltar para Cuba, eles foram OBRIGADOS a voltar para Cuba para não fazerem o REVALIDA e dai aparecer a triste realidade, ficar provado que bom número deles não tinha a menor competência de clinicar.

        Um absurdo o que o PT fez, não pelo povo e para o bem do povo, mas para o bem dos Castros com a fortuna que pagaram para eles.

    • Sou Brasileiro! disse:

      Nunca na história desse Brasil se investiu tanto em educação, Lula e os petistas falam muito sobre isso que o pobre passou a fazer faculdade aonde estão os médicos ?

      • ezequiel-sp disse:

        Nunca essas “faculdades” contribuíram tanto com o PT via cx 2.. kkkk

      • forposts disse:

        Eu realmente quero saber aonde foi parar esse dinheiro, porque a educação pública brasileira continua sendo uma das piores do mundo, os Ensinos Fundamental e Médio são um pavor, muitos saem analfabetos funcionais do Ensino Médio, vejam que absurdo isso, e as universidades públicas? Só caíram no ranking mundial de qualidade. Só temos duas universidades entre as melhores do mundo, e mesmo assim caíram no ranking. Então torrramos esse dinheiro para o quê?

        • Jostein Pop disse:

          Lembrar que educação pública básica é função dos Governos Estaduais e municipais quanto a estrutura e quadro funcional, então pode ser PT, PMDB , PSDB, PSL, etc. Qualquer partido que seja nunca se preocupou de fato com educação básica nesse país.

          • forposts disse:

            Isso eu sei, mas é função do MEC dar diretrizes nacionais de qualidade de educação e impor uma grade curricular a altura nos Ensinos Fundamental e Médio, e nada disso aconteceu para melhorar, foi um arraso da mesma forma.

            Não é interesse da polticalha melhorar a escola e exigir que TODOS vâo a essa escola, porque é mais fácil ser eleito com voto de cabresto e de pessoas que não têm capacidade de saberem se o que os politicos prometem é factível ou não. È mais fácil iludir os sem escola ou pouco escola. Aliás, dizendo de outra maneira, quem se alavanca na boa formação escolar se vira por conta, e isso é ruim para políticos, e principalmente para os esquerdalhas, que adoram que existam pobres que se mantenam pobres, sem escola, para iludi-los e criá-los dependentes dos benefícios do Estado que eles prometerão dar. Voto de cabresto, em suma. Tudo pelo poder, não pelo bem REAL de todos. Foi isso que se viu, notoriamente, nos últimos 15 anos.

            Com certeza que não interessa a nenhum político chinfrim que temos melhorar a escolha, não só a esquerdalha adora não ter escola. Passa governo, sai governo, entra governo, e a educação só piora, mas piorou muito mais nos últimos anos com a esquerdalha por conta da influência deles nos sindicatos dos professores fazendo greves políticas sem fim, prejudicando a passagem do conteúdo escolar. Piorou pela absurda ideologização e politização das escolas, isso emburreceu a escola. Piorou pelo “coitadismo” ideológico que faz professores irresponsáveis passarem de ano alunos sem a mínima condição de irem adiante, e por isso estourou no Ensino Mèdio. O Ensino Médio não tem como melhorar seu índice de qualidade se nele entram milhares de analfabetos funcionais todos os anos. Piorou, pelos mesmos motivos, a qualidade do ensino nas universidades públicas, é uma fortuna que vai (aí sim via governo federal) nas mãos autônomas dos gestores das universidades, outro absurdo, pois não há cobrança de resultados, os funcionários eles mesmos colocam os destinos dessas verbas e não há mais um norte balizador geral do real papel da universidade pública como referência de desenvolvimento dessa nação. Mais, as cotas sociais são uma vergonha política que pioraram os números de qualidade da universidade, quando uma política decente e honesta e justa melhoraria o ensino básico para todos, para daí entrarem nas universidades os melhores por merecimento, não por “coitadismo” ou política mequefrefe.

            A escola e a universidade só pioraram, e isso para ter volta será quase um milagre, exatamentente pela força doutrinária e ideológica que elas viraram. Professores maus-carateres doutrinam, ao invés de esinarem.

            Escola de verdade ENSINA, não doutrina. Cobra notas, não vira uma maezona irresponsável que adota o “coitadismo” como referência para educar os filhos. Se os filhos não querem ser educados, não querem aprender, não querem tirar boas notas? Ah, deixa para lá, é um “coitado social”… vamos passá-lo de ano para não “traumatizá-lo”.

            A esquerdalha fez a sociedade virar uma frouxa em tudo.

            Menor mata e não pode prender, não pode punir, tem de aplicar antes da punição os “métodos de ressocialização”. Aí o cara mata de novo, mata de novo, e a coisa não muda. O aluno vai para a escola, não estuda, não estuda, passa de ano, não pode colocá-los nos eixos, obrigá-lo a responsabiliadde de aprender para um dia ser gente grande e andar com os próprios pés, não, não pode, tem de passar de ano porque é um “coitado”, “vítima da sociedade capitalista selvagem”, aí vira um analfabeto funcional e só pode mesmo ter um subemprego e ganhar uma renda baixa compatível por excesso de mão de obra de desqualificados. Isso a esquerdalha não enxerga, aliás, interessa que seja assim para criar o voto de cabresto.

            E o país se afunda com tanta gente medíocre, os que votam e os que são votados, não apareceu nenhum estadista para perceber essas coisas e mudar tudo. Precisamos de um restart desse câncer ideopata que arrasa tudo, que tomou conta de tudo, das escolas, principalmente.

        • Sou Brasileiro! disse:

          Nois vai , nois fica , 3×3= 12 e dizem que fizeram muito. Pois e muito analfabeto funcional.

      • Jostein Pop disse:

        Trabalhando em algum grande centro, mas onde precisa não tem.

    • Sou Brasileiro! disse:

      Chama o Haddad aonde estão esses milhões de pobres que fizerem farcudade ?

    • J. Costa disse:

      Entendam uma coisa, nos 8 anos do governo esquerdistas de FHC, não tinham estes médicos, e nos 8 anos do governo esquerdistas de LULA PT, também não tinha estes 10 mil médicos cubanos, ruim o péssimo a coisa andava sem eles, com estes 10 mil médicos cubanos de Dilma PT a coisa esta na mesma, muito ruim… sem contar que muitos deles devem ser guerrilheiros cubanos… outra coisa, nunca vi um medico cubanos aqui no Brasil, e com certeza, 10 mil médicos é médicos a dar com pau… O mais médicos seria uma coisa emergencial e não definitiva, a Dilma PT e Temer MDB eleito pelos votos dos petistas, tiveram desde 2013 para resolver esta questão paliativa… uma das soluções seria baixar o preço das faculdades e aumentar os números de vagas nos cursos públicos de medicinas e distribuir mais bolsas de estudos…

    • Rubem Chaves disse:

      Pergunta ao Prefeito de alguma cidade do interior porque dispensou o médico brasileiro contratado para colocar um cubano ó otário? Não sabes? Simples: O cubano é pago pelo governo federal e o brasileiro pela Prefeitura, agora aguente o tranco até janeiro quando a situação será resolvida.

    • João Melo disse:

      Médico? Que médicos? Não aceitaram passar por um avaliação de competência profissional. Desses poucos mais de 8 mil “profissionais” se tiver 50 ou 100 médicos que realmente têm formação em medicina é muito. A medicina Cubana é muito precária, até em Cuba, o que dirá desses “enfermeiros” travestidos de médicos que são exportados.

      • ezequiel-sp disse:

        Eu fico pensando: Neuro-navegador, medicina nuclear, parâmetros de neuro-navegação, ressonâncias …Cuba tem dinheiro pra investir nesses aparelhos? Claro que não. Só em pajelança …

        • Jostein Pop disse:

          E o Brasil tem? Sírio-libanês, Albert Eistein, etc tem, mas não existe isso nem em Itaquera que fica em São Paulo. Então é melhor pajelança cubana do que nada.

          • ezequiel-sp disse:

            Lá onde eu me trato tem. No HC..Icesp

          • forposts disse:

            Tem em qualquer cidade de médio porte, integrada de forma eficiente para atender os municípios menores porque absolitamente não tem sentido cada vila de 2000 habitantes ter equipamentos caríssimos de

            última geração. Mas um médico precisa saber que esses recursos existem, como funciona, que resultados clínicos se esperar deles.

      • Jostein Pop disse:

        Que a formação médica cubana é precária, ok. Mas a brasileira também não é muito melhor, exceto as públicas e federais, mas esses médicos não vão para essas cidades. O que me preocupa não é a qualificação médica (que mesmo baixa é melhor do que nenhuma) mas o suporte para essas pessoas. Burocracias, ideologias, paixões partidárias, etc não podem prevalecer quanto a questão é a saúde de milhões de pessoas.

        • forposts disse:

          Mesmo que aqui tenham universidades não tão boas, precárias, você não pode comparar porque não há nenhuma certeza da real competência deles.

          Nós só podemos fazer uma devida comparação se pudermos avaliar a REAL competência desses que vieram de Cuba. Isso nunca foi feito por irresponsabilidade dos governos anteriores. Por mera questão ideológica. Era mais importante fazer de conta que resolveram o problema do atendimento médico e enviar bilhões para os amigos Castros do que fazer a coisa certa. Fazer a coisa certa não é coisa de político medíocre.

          E isso eles não querem fazer. A DEBANDADA de última hora só tem um motivo, o medo de ficar muito exposto a fragilidade e o real estado de formação deles.

          • Jostein Pop disse:

            Colega, só sei que quem precisa de atendimento médico nesses locais, não liga para Cuba, Ideologia, se é formado ou não. Eles precisam de atendimento, e embora necessário a avaliação, me assusta a falta de tato, de sensibilidade, de capacidade de negociação de ambas as partes. São milhões de pessoas que vão fica na mão e o governo atual não tem solução e o posterior também não vejo preocupação com isso.

          • forposts disse:

            Se precisa de médico, que alguém tenha a responsabilidade ética e de gestão pública para alocar um médico de verdade naquele local, porque se o que precisa de um médico é irresponsável e se comporta como um imbecil, aceitando que um incompetente ou não qualificado possa atendê-lo, é de chorar, não é mesmo?

            È exatamente por causa desses imbecias que políticos canalhas se aproveitam. Ainda não entendeu por que esse país não vai para a frente? È muita mediocridade, tanto do lado do povo quanto dos “governantes” eleitos por eles.

          • Jostein Pop disse:

            Mas tentaram por médicos “de verdade”, mas eles optaram em não ir.

          • forposts disse:

            Então os médicos de verdade não querem e temos de aceitar que uma benzedeira faça o papel dele? Ou um etê de Saturno? Ou uma pessoa que aparece do nada de jaleco branco se dizendo médico porque o patrão que o explora diz que é? Ou um “curador quântico”? Um massagista?

            É impressionante a falta de capacidade para entender o que está em jogo. Um médico estrangeiro resolve? Claro, até cubano, mas se provar por exames qualificados que realmente sabe a medicina, que entende a nossa língua, que conhece todo o universo de medicamentos que temos à disposição e eles nem 1% do que temos. Um cubano quando cai nos Estados Unidos tem de passar por três ou quatro provas em inglês, tem de passar sob orientação de um médico norte-americano por anos antes de clinicar. Não tem moleza. Aqui é a casa da mãe joana.

            O responsável péla saúde pública tem de RESOLVER, não “resolver”.

            Ideopatas estavam no governo, míopes, mal intencionados, não pensaram na nação, mas na cor da camisa que vestem, para eles mais valia a lenga lenga ideológica e os bilhões que foram para os que vestem a mesma camisa do que realmente atender com RESPONSABILIDADE os nossos problemas. Isso é comportamento medíocre. Tinha de prender e jogar a chave da cela no fundo do mar.

          • Jostein Pop disse:

            Ok, entendo sua posição, mas minha preocupação é com as pessoas que vão ficar sem atendimento, seja de um médico “de verdade” que não quer ir para esses lugares, ou de um médico cubano sem diploma validado. Não vão ter acesso nem a um AAS porque não tem dinheiro para comprar e nem um médico para receitar e poder pedir de graça no postinho.

          • forposts disse:

            Mas estavam sendo atendidas por médicos de verdade? Todos eram médicos de verdade realmente capacitados para atenderem essa população?

            Não é que uma população vai ficar carente, pois isso só poderia ser dito se estava provado que eles eram realmente médicos. Por anos ficamos na SUSPEIÇÃO de um número significativo deles não ter capacitação suficiente. Então não se pode de forma nenhuma dizer que essa população estava sendo atendida e que agora ficará carente de médicos, porque eram realmente médicos capazes de verdade?

            Você ainda não entendeu o absurdo que foi descerem do avião milhares de pessoas de jaleco branco, vindo de algum lugar do mundo (poderia ser de qualquer lugar), e prontamente já atenderem clinicamente, sem saber falar a língua e os regionalismos locais (termos espécificos que transmitem o que sentem e os desconfortos e as dores), sem ter a mínima ideia do universo de medicamentos à disposição que temos aqui e os nomes deles. É notória a notícia que um “médico” indicou remédio veterinário, inclusive.

            Quantos absurdos aconteceram e não ficamos sabendo, exatamente porque a população atendida é muito carente de conhecimento mínimo médico para saber se realmente foram bem atendidas? Quantas pessoas morreram com mau atendimento e a prova foi “enterrrada”?

            Por que irresponsavelemten não fizeram o REVALIDA? Pressa? Urgência? Não, não havia urgência do atendimento de saúde, não houve uma catástrofe natural para que viesse tantos médicos nos atender numa urgência e daí se arriscaria que viesse médicos ruins nos atender, mas não foi o caso.

            E isso que estou só tocando no fato médico, não vou falar nada do grande problema específico do caso cubano que é a exploração das pessoas passando a elas só 1/3 do valor do contrato e a absurda situação de Cuba de manter os familiares dessas pessoas reféns, para os explorados não pedire exílio e ver seus familiares sendo perseguidos lá.

            Voltando ao caso, não fizeram as provas e a exigência de aprendizado da língua local simplemente porque cairia a máscara da incompetência de muitos deles, Cuba perderia a aura de competente na saúde e mais uma vez se concluiria da grande irresponsabilidade da ideopata incompetente do governo local, que só pensou nos amigos castristras que ganhariam bilhões com o negócio.

            Qualquer pessoa com um mínimo de bom senso nunca procuraria ser atendido por um médico “caído de uma nuvem qualquer”, sem ter provado uma mínima competência para a profissão.

            Eu NUNCA deixaria um filho meu ser atendido por uma pessoa da qual não se tem a comprovação da validação do diploma que diz ter. Deixar isso acontecer num país de analfabetos, pobres, sem autoestima, que não tem responsabilidade com o seu próprio povo, é uma coisa, mas no Brasil? Que país é esse? Foi uma absurda irresponsabilidade o que fizeram com a população mais carente.

            A prova de tudo isso? Bastou o Bozo falar em REVALIDA e foi uma debandada gigantesca de volta. MEDO. Vai faltar avião para Cuba para levar tanta gente até dezembro. Quer ganhar dinheiro até o fim do ano? Alugue frete aéreo para essa gente.

          • Jostein Pop disse:

            Entre 8500 cubanos, com certeza haviam médicos de verdade, uns inclusive fizeram o REVALIDA. Quando ao exame, não acho o exame em si um problema, mas a forma que foi abordada. De um lado, Bolsonaro com a sutileza e a capacidade de negociação tipica de um ogro e de outro, o orgulho cubano. Mas sempre digo, como fica os desassistidos, mesmo aqueles que eram atendidos por supostos médicos cubanos? Nem receita médica para adquirir uma aspirina no posto médico vão ter acesso.

          • forposts disse:

            Parte 1. Se tinha médico competente e tendo certeza que seria uma maioria, por que a incompetente não quis ser transparente para evitar a suspeição, correndo
            risco jurídico de o contrato a qualquer momento ser implodido (se o nosso MPF fosse decente na época, isso teria acontecido), demonstrando daí a governante provado que foi responsável com o bem do povo brasileiro?

            Por que a governante no governo quis correr o risco de ser inclusive processada e presa por incompetência e falta de zelo com a própria função? Alocar pessoas a vagas para atender a saúde da população sem COMPROVAÇÃO que cada um estava apto, é irresponsabilidade crassa. Se um profissional privado é irresponsável com a saúde dos seus colegas e causa dano, ou um empregador, da mesma forma, pode levar a cadeia. Mas uma presidente pode ser e fica tudo numa boa? Que diferença é essa?

            Num órgão público não se pode brincar, não se pode deixar a mínima suspeição, tem de ser transparente. Quem está no governo e não age assim, até por segurança jurídica pessoal, pode-se chamar do quê?

            No caso ficou evidente pelos e-mails agora expostos que o primeiro objetivo era compensar o pagamento do serviço da constriução do porto, depois ficou só um envio de pagamento para Castros, mesmo, porque o pagamento das obras do porte o calote já aconteceu.

            Isso é pequeno. Isso é coisa de país de terceiro mundo. Foi um acordo entre um partido e um governo amigo do partido, para voltar comissão como caixa 2 para o partido e benessses para os líderes e outros sanguessugas da nossa gente, a Odebrecht fazia isso, Um absurdo, não um acordo entre dois governos. Eles não estão nem aí.

          • forposts disse:

            parte 2.

            Por que não quiseram que NENHUM “médico” passasse pelo REVALIDA? Medo que oito não passando colocasse em risco a competência de 7.992 que
            teriam passado? Ah, claro que não. Os Castros não estavam nem aí para provar que a maioria ou a grande maioria eram competentes, até porque a
            debandada agora só prova que o pavor bateu.

            Agora ficou patente numa das mensagens secretas que os Castros EXIGIRAM que o REVALIDA não fosse feito. Tem cabimento?

            O Bolssosauro demonstrou que tem muito mais responsabilidadecom o povo
            brasileiro que os esquerdoides que colocaram mais uma pedrinha no monte
            da incompetência e irresponsabilidade que já
            se sabia que eram.

            E melhor ainda, o Bolssosauro dissse que pagaria salário integral a eles, de forma justíssima, e quem quisesse pedir exílio, teria direito. Isso sim não é explorar o próprio povo.

            Em qualquer lugar decente do mundo isso seria feito. Coisa de país grande, não de um país de terceiro mundo com a própria população.

            Aliás, a ditadura provou que não está nem aí para o Brasil e o povo. Eles poderiam dizer, “olha, as novas condições não nos interessam e não vamos fazer o Revalida, mas
            em consideração ao povo brasileiro vamos ficar até o momento que as substituições aconteçam para que o querido povo brasileiro não fique sem
            médicos”.

            Mas não, foi uma DEBANDADA de puro PAVOR antes que o
            Bolssosauro chegasse e convencesse os médicos atuais a ficarem e fazerem o REVALIDA. Se fossem competentes não teriam medo e topariam.

    • ezequiel-sp disse:

      Está muito mal contada essa história dos médicos cubanos.Está mais do que óbvio que o programa deveria se chamar “mais enfermeiros” onde a “sensação” de ser atendido por alguém de branco da mais resultado do que realmente são na verdade. Efeito “placebo” que engana bem. Coisa de todo governo petista. Enganar os trouxas com seus programas pra Inglês ver. Tipo minha casa minha vida em que as construções são de péssima qualidade, tipo Fies que na verdade o estudo é de péssima qualidade, tipo os 800 aeroportos, tipo Trem bala que nem estações tinha no projeto, enfim: Uma mentira atrás da outra. É o jeito PT de fazer política enganando os incautos..Sempre mascarando resultados e jogando pra galera…

    • forposts disse:

      Você teria coragem de levar o seu filho para as mãos de uma pessoa “descida de uma nuvem”, com um papel qualquer dizendo que ela é médica, mas sem nenhuma comprovação REAL de que essa pessoa realmente teria condições de ser COMEPETENTE para exercer o papel de um médico adequado aos tempos de hoje? Isso não existe. VocÊ seria irresponsável com a saúde do seu filho para correr esse risco.

      FOI UM ABSURDO um governo irresponsável ter dado carta branca para pessoas clinicarem sem a MÌNIMA COMPROVAÇÃO da competência e formação. Foi iRRESPONSÁVEL com o povo. Há muitos relatos na internet, há anos, de prescrição errada de medicamentos. É só pesquisar no Google.

      Isso se chama política. Ideologia. Por motivação ideológica, para enviar fortunas para os Castros, com justificação pífia de urgência simplesmente rasgaram a obrigatoriedade do REVALIDA para atender o mesquinho interesse político e idoelógico, enviar fortunas para os CaAstros. os amiguinhos deles. Isso não é pensar no bem do povo, isso é pensar no bem da ideologias, deles mesmos. Uma vergonha descarada.

      Não fizeram o REVALIDA pois ele mostraria que um grande número de “médicos” cubanos não teria a mínima condição de clinicar a altura da nossa necessídade médica. Essa é a grande verdade. Se isso fosse exposto, ficaria muito mal para Cuba e para o PT.

      Então irresponsavelmente rasgaram o REVALIDA, o CFM “lavou as mãos” – outro irresponsável-, e quando o tio Bozo falou o óbvio que erna necessário colocar o galinheiro em ordem e fazer o REVALIDA, quando o tio Bozo disse que não expulsaia ninguém, quando o tio Bozo disse que não mandaria ninguém embora, muito pelo contrário, daria até exílio e prometeu pagar o salário integral, desde que façam o REVALIDA comprovando que estão aptos, a DEBANDADA acontece.

      Bastou fazer o certo para que o errado tivesse medo e tomou uma atitude para apagar as provas da própria incompetência. A DEBANDADA foi por medo da exposição do tamanho da incompetência.

      O Temer tinha de obrigar o confisco dos passaportes deles e obrigá-los a fazer o REVALIDA antes de irem embora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via