Congresso em Foco

Vagas foram abertas após o anúncio do governo de Cuba de retirar seus profissionais do programa, em reação às mudanças planejadas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro[fotografo]Marcelo Casal Jr./ABr[/fotografo]

Ministério da Saúde diz que já selecionou 84% dos profissionais do Mais Médicos

23.11.2018 12:35 3

Publicidade

3 respostas para “Ministério da Saúde diz que já selecionou 84% dos profissionais do Mais Médicos”

  1. mariossergio disse:

    Que estranho… O Mais Médicos não foi criado porque havia uma insuficiência de médicos no Brasil? E agora, em três dias surgem do nada quase 20 mil médicos para ocupar as vagas daqueles que saíram!

    Será que esses 20.000 médicos se formaram de 2013 pra cá, ou será que Dilma trouxe os cubanos só para agradar Castro, lhe garantir uma graninha?

    • NITIFA disse:

      Graças ao PT, temos atualmente (2016) 310 faculdades de medicina no país. Em 2016, já foram 21.109 médicos formados e lançados para o mercado de trabalho. Em 2018, irão se formar cerca de 25 mil médicos no país. A previsão para até 2020 é que 32 mil médicos se formem por ano.Esses dados são de 2016. Mesmo assim, havia – e ainda há – falta de médicos pelo interior do país, por não aceitarem trabalhar nesses grotões.

      • mariossergio disse:

        Temos sim, mais de 310 faculdades de medicina no país, mas NÃO graças ao PT, pois a grande maioria delas já existia antes do PT chegar ao poder ou até de sua criação.

        Isso que você afirmou apenas corrobora o que eu disse, ou seja, já havia milhares de médicos formando-se anualmente no Brasil e mesmo assim abriu-se o mercado aos do país amigo de Lula e Dilma, para dar uma forcinha (e uma graninha) aos Castro.

        E me parece que não é bem assim, que os médicos não aceitam trabalhar “nesses grotões” como você diz, pois em três dias 20 mil deles se ofereceram para tanto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via