Congresso em Foco

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). [fotografo]Marcelo Camargo/Agência Brasil[/fotografo]

Eduardo Bolsonaro propõe criminalizar comunismo e nazismo

09.09.2020 16:23 17

Publicidade

17 respostas para “Eduardo Bolsonaro propõe criminalizar comunismo e nazismo”

  1. joaojqf disse:

    Excelente projeto e com certeza o povo tinha que se unir para conquistar esse tipo de lei para nos proteger melhor futuramente de golpes ditadores que já aconteceu em vários países

  2. 13582196 disse:

    Tem de criminalizar o SOCIALISMO, mãe de todas essas aberrações!

    • Felix disse:

      O socialismo democrático como praticado em vários países da Europa é algo bastante positivo.

      • 13582196 disse:

        Huahuahuahua

        Socialismo democrático…

        Huahuahuahua

        Você é um excelente piadista….

        Huahuahuahua

        • Felix disse:

          Não, estou apenas mencionando um fato. Nunca ouviu falar de partidos sociais democratas e de governos formados por social democratas?

          • Carolina Muller disse:

            Socialismo é LIXO sob qualquer nomezinho bonito pra enganar otários. O “socialismo europeu” (social-democracia) só aparentemente dá certo, porque está misturado com o capitalismo e é um continente rico (exatamente por causa de séculos de capitalismo).
            Espere só algum país europeu começar a eleger um partido de esquerda por 20 anos consecutivos (como fez a Venezuela, que Hugo Chavéz era o símbolo mundial do ‘socialismo democrático’) para ver o que fazem com a economia.

          • Felix disse:

            Socialismo é um ideal que parece muito com aquilo que Cristo pregou. Só não dá certo porque o ser humano é mesquinho e egoista.

          • Carolina Muller disse:

            Caridade não é Socialismo.

          • Felix disse:

            Mas em tese socialismo prega caridade, amor ao próximo (e não exploração) ao próximo e igualdade.

          • Vanessa Lane disse:

            Muito bem amigo. Em tese. Mas diga ai e na prática? Realmente ocorreu?

          • Felix disse:

            Não, porque, como já afirmei acima, o ser humano é egoista e mesquinho, motivo pelo qual mesmo as igrejas evangélicas não passam de farsas que em nada se assemelham com aquilo que Cristo pregou. Os governos da direita também não praticam valores cristãos de verdade, antes pelo contrário. O socialismo democrático como praticado na Europa chega mais perto.

          • Alberto Soares disse:

            Como a menina já explicou acima, e você a ignorou para continuar repetindo fake news de franco-atirador, vários países europeus vivem hoje a chamada SOCIAL-DEMOCRACIA, não o Socialismo. Todos países socialistas da Europa acabaram com a queda do Muro de Berlim, que também simbolizou o fim da Guerra Fria.

            A social-democracia consiste em pagar altos impostos pra Realeza e em troca receber coisas “de graça” do Rei. É um sistema muito menos destrutivo que o socialismo (em que o governo controla diretamente a maioria das empresas), mas ainda assim continua sendo um sistema ineficiente.
            Por quê? Porque o governo não possui os mesmos incentivos do mercado (competição e lei da oferta-demanda). Sua arrecadação consiste em uma ‘reserva de mercado’ baseasa na força e coerção, vulgo impostos.

            E só pra constar, o Brasil também vive numa social-democracia. Só que o resultado é mais catastrófico porque o Brasil não era rico como a Europa quando começou a brincar de ter alta carga tributária de países desenvolvidos.

          • Felix disse:

            O Brasil vive um desgoverno direitista e populista. Da social democracia quase sempre fazem parte partidos socialistas sim. Os governos geralmente são constituidos por coalizões de vários partidos.

          • Alberto Soares disse:

            O socialismo está literalmente morto, só continua vivo em lugares como Coreia do Norte, Cuba, Venezuela, Zimbábue e outros macro-presídios falidos.
            Mas os partidos comunistas e socialistas continuam existindo, assim como os jênios que acreditam nessa ideologia fracassada, como você. Só que, de forma pragmática, tais partidos adotaram outros sistemas para lutarem. Na Europa, ao invés de defenderem o socialismo, defendem a social-democracia. Na Rússia e China (que é comandada por um Partido Comunista desde 1950) implementaram o intervencionismo fascista desde 1978 (na Rússia desde 2000). No Brasil, defendem outras formas de cobrar mais impostos para darem aumentos ao funcionalismo público. Todas essas variantes são, de alguma forma, social-democratas.
            O socialismo está morto, nem partidos socialistas no poder acreditam mais nisso. Coreia do Norte, Cuba, Venezuela, Zimbábue são as exceções.

          • Felix disse:

            Na maioria dos países europeus os governos são de coalizão e muitas vezes a coalizão conta com a participação de partidos sociais democratas. Nunca, mas nunca mesmo, ouvi falar que o chávez era símbolo de socialismo democrático! Chávez era mais do tipo partido único. Tipos como chávez chegam ao poder quando a direita continua sugando os pobres, quando existe o tal capitalismo selvagem que não visa o bem estar de todos.

          • Carolina Muller disse:

            TUDO o que Hugo Chavéz fez foi pelas vias democráticas. Quando Lula disse que na Venezuela existia democracia até demais, ele não estava tão errado. Eram realizados plebiscitos diversas vezes e a popularidade de Chavéz continuava alta.
            Chavéz era o SÍMBOLO do socialismo no mundo inteiro, especialmente na América Latina e nos EUA. Há inúmeros exemplos de artistas americanos apoiando o “socialismo do século 21” ou a “revolução bolivariana” como Luciana Genro chamou, basta procurar “hollywood chavez”.

            O problema é que você continua não entendendo que o “socialismo democrático” só permanece de pé, porque ainda existe o capitalismo para os governos europeus parasitarem impostos. Assim que o socialismo sair da ideia de arrancar o dinheiro da população e partirem para estatizações, controle de preços, regulamentações mais pesadas, decretos emergenciais (que é o socialismo, de facto) a democracia não irá manter nada de pé. O que mantém a social-democracia de pé é o capitalismo, não é a democracia.

            https://uploads.disquscdn.com/images/c40886e4d9d98ff8ed8ae7cdd624ac2e0e2a8ef5e6cc7612150eae2cb9c2650b.jpg

          • Vanessa Lane disse:

            Complementando. A europa só é um continente “rico” pq explora outros paises. A Europa não produz riqueza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via