Congresso em Foco

vvv

Deputados do DF aprovam projeto que censura exposições artísticas

18.08.2020 20:20 15

Publicidade

15 respostas para “Deputados do DF aprovam projeto que censura exposições artísticas”

  1. Lennon Brazetti disse:

    Jáj já começam a queimar livros e feministas dizendo que são bruxas
    Depois implantam uma nova inquisição já que são favoráveis a tortura (pelo menos os que elegeram o “boca de latrina”)

  2. Lennon Brazetti disse:

    como dizia Kropotkin:
    A única igreja que ilumina é a que queima! ainda mais hoje em dia que representam as trevas.

    • Tom Pires disse:

      Lennon, vc aparenta incapacidade de respeitar o direito de terceiros, prefere atacar diretamente a cristandade. Não parece conhecer a história e alega similaridade com a inquisição. Atestado de desconhecimento dos fatos e da situação real do projeto.

      • Lennon Brazetti disse:

        Por a caso você me conhece? Quem não respeita o direito de terceiros são esses deputados fundamentalistas, na minha infância só estudei em colégios católicos o que quase tornou-me ateu. Misturar religião com política é coisa de fundamentalista. O ESTADO ainda é laico, acho que ainda não foi implantada uma Teocracia no Brasil apesar da democracia brasileira estar em decomposição desde o golpe de 2016.

      • José Budasz disse:

        Você é um fundamentalista passador de pano, ou seja, neofascista e falso moralista, doutrinado por estelionatários da fé e ignorante ao ponto de acreditar em verdades absolutas fundamentadas em mitos da idade do bronze. Procure ajuda psiquiátrica.

  3. MARNO MATTE disse:

    Na minha matemática sofrível, 6 mais 7 somam 13. Cadê o restante da casa? Não são 24 os gastadores dos nossos impostos? Quer dizer que se a matéria é polêmica, tiram o time?

  4. Jorge Teixeira Carneiro disse:

    Que façam as suas Mamadeiras de Piroca em seus espaços particulares e com os seus recursos particulares. O contribuinte não é obrigado a financiar com os seus impostos nenhuma exposição de cultura de nenhum tipo de gueto.

    • José Budasz disse:

      Procure um psiquiatra, pois você sofre de uma doença mental.
      Foi doutrinado desde o berço e acredita que tem o direito de impor dogmas religiosos em forma de leis. Pessoas como você, são típicos retratos da ignorância fundamentalista, criaturas de moral deformada, que enxergam maldade e pornografia em tudo, ou seja, projetam a própria perversão cognitiva em todos os que discordam de seu fanatismo.

      • Jorge Teixeira Carneiro disse:

        Sr. Bundász, de onde o senhor tirou a ideia que eu sou religioso? Eu sou contra é o uso do dinheiro público em exposições de assuntos irrelevantes tipo exposição de arte que não são arte. Ou o senhor acha arte e cultura uma exposição de quadros desse tipo?

  5. Capitalista disse:

    MINIONS são uma seita
    Eu não entendo, desde que não pregue a violência contra outro ser humano, qual problema da arte”pornográfico” ? Ninguém é obrigado ir ver.

    • Tom Pires disse:

      “Capitalista” com perfil vermelho e ideias libertinas? Não leu o decreto? As exposições públicas tem as restrições do decreto, as exposições privadas tem somente que advertir o que se expõe. Será tão difícil ler toda uma página?

      • Capitalista disse:

        Minions são burros por natureza, os capitalistas são os mais libertinos e imorais que existem, e não cabe ao governo de ocasião delimitar o que pode ou não em espaços públicos estatais, por isso nenhuma dessas idiotices aprovadas se sustentam na justiça.

        • Tom Pires disse:

          Seus argumentos são vagos e infundados. Você escreveu: “espaços públicos estatais”? kkk o espaço estatal (de posse do estado) nem sempre é público e o espaço público, nem sempre é estatal. Ilações não muito inteligentes, as suas. O direito de uma pessoa vai até onde o direito do próximo começa.

      • José Budasz disse:

        Procure um psiquiatra. Ou tome vergonha na cara.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via