Ministério da Educação exclui de carta a escolas slogan de Bolsonaro e exigência de gravação de alunos

educaçãoescola sem partidohino nacionalJair BolsonaroJosé MedeirosMECMinistério da EducaçãoPaulo PimentaRicardo Velez RodriguezSenado
Comentários (4)
Comentar
  • 57ChevyBelAir

    Esse ministro atravessa a rua para pisar numa casca de banana.

  • Onildo Melo Lima

    Imaginei que Renato Aragão e seus companheiros tivessem encerrado a carreira, com Os Trapalhões saindo de cena há alguns pares de anos. Mas, bastaram esses primeiros dias do governo do comediante Jair Bolsonaro para que eu pudesse ver que o humor brasileiro continua de pé, agora, por culpa do tempo, com outros atores, talvez até mais engraçados. Uma pena que tal festival de trapalhada traga prejuízos para os brasileiros e para a imagem do país lá fora.
    Essa carta do ministro da educação é ou não é capaz de causar gargalhadas? Francamente, com tantos problemas a serem resolvidos no campo educacional e me vem o tal ministro a exigir postura nazista entre nossos estudantes. As trapalhadas não ficam por aí. Quem vem acompanhando o novo governo desde sua posse já teve muitos motivos para dar gargalhadas. Algumas até vindas da patética presença de nosso (?) dirigente máximo no exterior, quando ele serviu de chacota para a imprensa internacional em Davos.

  • João Guilherme Maia

    AS NOSSAS CRIANÇAS DEVEM SIM CANTAR O HINO NACIONAL NAS NOSSAS ESCOLAS, NÃO SÓ NAS PÚBLICAS. MAS TAMBÉM NAS PRIVADAS.
    O Ministério da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez está causando uma tremenda polêmica por querer que as nossas escolas públicas voltem a cantar o Hino Nacional e também os outros Hinos e recuperar os outros símbolos brasileiros da nossa República, que foram ignorados pelas escolas nesses últimos vinte anos de governos comunistas, começando no governo Fernando Henrique Cardoso, do Lula e da Dilma.

    É incrível a reação da Globolixo, ela não aprova que as nossas crianças volte a cantar nas escolas o Hino Nacional e os outros. Ela condenou o ministro da Educação por ter colocado no seu comunicado o slogan da campanha de Bolsonaro, no final da mensagem dele. Eu sinceramente pela primeira vez concordo com a Globolixo, ou seja, está errado essa atitude do ministro da Educação querendo colocar o bordão de campanha de Bolsonaro numa comunicação às escolas. Mas estou de acordo sim, que as nossas crianças voltem sim a cantar o Hino Nacional nas nossas escolas, em geral não só nas públicas, até porque todas são brasileiras, seja da pública ou privada.

    Que esse deslize do Ministério da Educação, sirva de alerta para o presidente Jair Bolsonaro, que ele não esqueça que o ministério da Educação foi um dos órgãos Nacional que mais foi contaminado por esses comunistas que estiveram no poder nesses últimos vinte anos, por isso, presidente Jair Bolsonaro não esqueça em fazer uma limpeza geral não só do ministério da Educação, mas também nos outros ministérios, que com certeza ainda estão infiltrados com comunistas petistas. Não esqueça também que os ministérios na época petistas no poder, serviam mais para cabide de empregos, devido a maldita política criada no governo Lula do toma lá, dá, cá. https://uploads.disquscdn.com/images/62a73c205eb9f3c958305f06be782f1741ed82f2212b88a035c3314967a72144.jpg

  • Roberto Cunha

    Cara, esse ministro não tem mesmo o que fazer … É um brincalhão !!!