Sem voto da Anvisa, Conitec não chega a consenso sobre “kit covid”

anvisacloroquinaConitecHidroxicloroquinaivermectinakit covidMinistério da SaúdeSUS
Comentários (1)
Comentar
  • José Luiz Carlotti

    Ninguém, em sã consciência, desconhece o fato que a fé ou mesmo um placebo pode curar e ser uma alternativa poderosa quando outras terapias não estejam disponíveis. Ninguém pode negar a realidade constatada dos benefícios dos medicamentos alternativos utilizados no Brasil e ao redor do mundo. Se não foram esses medicamentos que curaram, também ninguém foi morto por ser medicado com eles e certamente muitos se beneficiaram por acreditar na sua eficácia. A vacina com resultados comprovados não foi em nenhum momento negligenciada no Brasil. Estamos à frente na vacinação inclusive dos USA, maior produtor de vacinas do mundo. Enfrentamos uma epidemia para a qual nenhum país estava preparado, cientistas do mundo inteiro, conscientes que a vacina não seria uma solução de curto prazo, saíram à procura de uma solução atenuante sem retrospectos, sem certezas, mas ávidos por alternativa imediata, uma esperança para atenuar o desespero popular. Houve muitas divergências, muitos caminhos dispares e em conflito, mas um propósito único de de servir e salvar vidas. Aqueles que depois da realidade da eficácia da vacina advogam a adoção dessa medida desde o primeiro momento, são na verdade oportunistas que falseiam a cronologia dos fatos para enganar e tirar proveito às custas dos inocentes.