Pedro Henry (PP-MT)

Um dos réus do mensalão (Ação Penal 470), o deputado responde por formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. É acusado, ao lado de outros dois colegas do PP, de receber R$ 4,1 milhões do esquema e distribuir a colegas de partido em troca de apoio ao governo.  Em sua defesa, diz que nunca tratou de “assunto financeiro” com o PT. Também é investigado no STF por peculato, acusado de ter contratado um piloto particular como funcionário da Câmara (Inquérito 2913).

Continuar lendo

Publicidade Publicidade