Geraldo Simões (PT-BA)

Responde à ação penal 593, por corrupção passiva, e à ação penal 632, por crime de responsabilidade, mesmo motivo de outros quatro inquéritos (2707, 2719, 2759 e 3174). O inquérito 2719 apura a contratação de servidores sem concurso e desvio de verbas públicas quando Simões era prefeito de Itabuna (BA).

Veja a lista com todos os parlamentares com pendências

Apoie o jornalismo independente e de qualidade:

Faça uma assinatura convencional ou digital da Revista Congresso em Foco!

Mais sobre processos

Continuar lendo

Publicidade Publicidade