Câmara+Barata recebe apoio de cinco deputados distritais

Reprodução

Expectativa da coordenação do Câmara+Barata é chegar às 20 mil assinaturas exigidas em lei até agosto

 

Cinco deputados distritais – Rodrigo Delmasso, Professor Reginaldo Veras, Ricardo Vale, Joe Valle e Raimundo Ribeiro – já assinaram declaração formal de apoio às propostas de economia do Câmara+Barata. De acordo com a coordenação do projeto, todos os parlamentares foram convidados a manifestar sua posição em contatos por e-mail e visitas de grupos de voluntários aos gabinetes na CLDF.

O projeto de lei de iniciativa popular alcançou recentemente a marca de 10.000 assinaturas e um evento na quarta-feira (30), às 17h, no Museu Nacional da República, marcará o início da fase final de coletas. A expectativa da coordenação do Câmara+Barata é chegar às 20 mil assinaturas previstas em lei até agosto.

Com as listas de apoio entregues, a CLDF deverá, obrigatoriamente, receber o projeto e colocá-lo em tramitação.

“Pedimos a todos os distritais que manifestem sua posição em relação ao projeto porque acreditamos que a população do DF tem o direito de saber a opinião de seus representantes eleitos, seja favorável ou contrária”, explica o coordenador-geral do Câmara+Barata, Guilherme Brandão.

O Câmara+Barata abrange três propostas básicas: extinção da verba indenizatória, redução da verba de gabinete a 75% do gasto correspondente na Câmara dos Deputados e limitação das despesas com publicidade institucional a 1% do orçamento da Casa. As medidas garantiriam economia de cerca de R$ 75 milhões por ano na CLDF.

As propostas, elaboradas a partir de estudos técnicos, preveem alternativas para não prejudicar o exercício do mandato parlamentar. O texto sugere, por exemplo, a contratação de serviço de transporte semelhante a aplicativos como Uber e Cabify. Outros serviços, como consultoria, seriam providos pelas estruturas específicas já existentes na Casa. Em todos os casos, são estabelecidos ainda mecanismos de controle e transparência, para facilitar a fiscalização dos parlamentares pelos cidadãos.

 

Veja a posição dos deputados distritais até o momento:

 

Agaciel Maia – Não respondeu

Bispo Renato Andrade – Não respondeu

Celina Leão – Não respondeu

Chico Leite – Não respondeu

Chico Vigilante – Não respondeu

Cláudio Abrantes – Não respondeu

Cristiano Araújo – Contra

Juarezão – Não respondeu

Julio César – Não respondeu

Joe Valle – A favor

Liliane Roriz – Não respondeu

Lira – Não respondeu

Luzia de Paula – Não respondeu

Professor Israel – Não respondeu

Professor Reginaldo Veras – A favor

Rafael Prudente – Não respondeu

Raimundo Ribeiro – A favor

Ricardo Vale – A favor

Robério Negreiros – Não respondeu

Rodrigo Delmasso – A favor

Sandra Faraj – Não respondeu

Telma Rufino – Não respondeu

Wasny de Roure – Não respondeu

Wellington Luiz – Não respondeu

 

<< Projeto de lei de iniciativa popular para baratear Câmara do DF alcança 10 mil assinaturas

<< Projeto de iniciativa popular quer tornar Câmara Legislativa do DF mais barata

Continuar lendo