Associação de Delegados pede a Temer troca do diretor da Polícia Federal

Wilson Dias/Agência Brasil

Delegados querem a saída de Daiello do cargo

 

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) envia nesta segunda-feira (13) carta ao presidente Michel Temer solicitando a mudança da direção-geral da Polícia Federal, cargo hoje ocupado pelo delegado Leandro Daiello. A medida foi aprovada na última sexta-feira (10) pelos delegados federais reunidos em assembleia em todo o país.

Para os delegados da PF, a constante omissão da atual direção-geral “vem causando o enfraquecimento da instituição, pois não promove o apoio àqueles que se dedicam às grandes operações, nem aos que estão a cargo das investigações rotineiras, resultando em um clima geral de insatisfação e indignação de centenas de delegados que dedicam suas vidas ao trabalho policial, tão admirado por todos os brasileiro”. Os delegados não citaram expressamente a Operação Lava Jato.

Segundo a ADPF, em razão da falta de apoio da direção-geral da Polícia Federal, diversos delegados que coordenavam operações policiais foram deslocados para outras áreas e locais, devido ao esgotamento físico, mental e operacional a que são submetidos. “Registre-se que essa situação de abandono institucional não ocorre em nenhuma outra instituição que participa diretamente das investigações criminais, como o MPF e a Justiça Federal”, afirma a associação.

Na carta que solicita a substituição do diretor-geral da PF, a associação apresenta o currículo dos três delegados de Polícia Federal, de classe especial, escolhidos pelos colegas delegados para ocupar a direção-geral da instituição. “Confiamos na sensibilidade do Presidente da República para avaliar essa preocupante situação da Polícia Federal com toda a atenção a fim de evitar prejuízos irreparáveis no futura”, conclui a nota.

Continuar lendo

Publicidade Publicidade