Afonso Florence (PT-BA)

O ex-ministro do Desenvolvimento Agrário é alvo do inquérito 3474 por improbidade administrativa. Segundo sua assessoria, a denúncia foi feita no ano pré-eleitoral de 2009 pela oposição ao governo estadual quando Florence era secretário de Desenvolvimento Urbano do estado. Os auxiliares do deputado destacam que o Tribunal de Contas do estado e o Ministério Público Eleitoral julgaram improcedentes as acusações, também analisadas no processo 2587/ 2009 e na ação civil pública 1719/2009. “Em relação a tal denúncia subsiste apenas o referido inquérito, no qual, certamente, será comprovada a inexistência de responsa­bilidade do deputado”, diz a assessoria.

Veja a íntegra do que diz o parlamentar

“O deputado federal Afonso Florence foi Secretário de Desenvolvimento Urbano do Governo do Estado da Bahia, de 2007 a 2010, na primeira gestão do atual governador Jaques Wagner, quando presidiu os Conselhos de Administração da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), Superintendência de Construções Administrativas da Bahia (Sucab), Habitação e Urbanização da Bahia (Urbis) e da Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa).

O Inquérito Policial nº 3474, em tramite no Supremo Tribunal Federal, trata de uma denúncia realizada em 2009 (ano pré-eleitoral) perante o Tribunal de Contas do Estado da Bahia, a Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia e a Procuradoria Geral da União, pelo deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN-BA), que era o líder da oposição ao atual governador do Estado da Bahia .

Cumpre observar, entretanto, que tanto o TCE/BA quanto o Ministério Público Eleitoral julgaram pela improcedência das acusações, respectivamente, no bojo dos Processos nº 002587/2009 e da Ação Civil Pública nº 001719/2009. No mais, em relação a tal denúncia subsiste apenas o referido Inquérito Policial, no qual, certamente será comprovada a inexistência de responsabilidade do deputado federal Afonso Florence.

À disposição, e grato pela atenção

Gabinete do deputado Afonso Florence”

Veja a lista com todos os parlamentares com pendências

Apoie o jornalismo independente e de qualidade:

Faça uma assinatura convencional ou digital da Revista Congresso em Foco!

Mais sobre processos


Continuar lendo

Publicidade Publicidade