Fórum

Temer divide a direita e une a esquerda

Para um grupo da direita, mais importante que a moralidade são as “reformas necessárias à retomada do crescimento”. Já outra parte dela acredita que a permanência do presidente desagregaria as forças “modernizadoras do Estado”, diz professor

Continue lendo...
Lungaretti: “The Mona Lisa”

Temer cai? Temer fica? De que importa? Há substitutos aos montes na classe dominante

Celso Lungaretti diz que “os donos” do país escolhem quem quiser “para o mesmo papel”. “Presidente não passa de um miquinho amestrado da classe dominante. A burguesia está no poder e o presidente, de um jeito ou de outro, acaba sempre a ela servindo”

Fábio Flora e o retrato poético do filho para além do cordão umbilical rompido

Mãe, (o vocativo da eterna criança)

Neste Dia das Mães, o blogueiro Fábio Flora reproduz, com a devida poética, a relação de troca que nos une a elas para sempre

“The Mona Lisa”

O Brasil está ficando mais velho. E daí?

Uma visão sobre a reforma previdenciária. “Críticas ao projeto estão quase sempre cobertas de medo dos seus efeitos sociais. As maiores dúvidas se sedimentam nas preocupações sobre direitos adquiridos e a sensação de uma chamada injustiça social”, diz advogado

Primeiro encontro marcado: Lula irá depor a Moro em 10 de maio

Lula x Moro: quem foi o vencedor?

“Só ingênuos sonhavam com o juiz forçando o ex-presidente a confessor que comeu nas mãos das empreiteiras; ou o petista provando que o verdadeiro objetivo do magistrado é impedir sua candidatura a presidente em 2018″, diz Celso Lungaretti

s

Reforma trabalhista: o contexto da entrega

“O projeto deste governo claramente afirma a opção pela competitividade espúria da precarização, da insegurança, da flexibilização, do arrocho, do desmantelamento da construção institucional e regulatória promovida pelos sindicatos e pelo Estado”, diz o diretor-técnico do Dieese

Manifestações pelo fim do foro

Foro privilegiado: o privilégio é a impunidade

“A simples extinção do foro pode se revelar, em futuro próximo, uma grave decepção para todos que associam o foro à impunidade. Na verdade, as causas desta são mais complexas e estruturais e tem a ver com a gestão judiciária no país”

d

Brasil sem limites: impunidade é nosso maior inimigo – a urgência do debate sobre maioridade penal

“Se perante o juízo um jovem já pode ser emancipado aos 16 anos para administrar sua vida civil, por que não poderia responder pelos crimes hediondos cometidos na mesma idade?”, questiona presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul

“The Mona Lisa”

A Lei Anticorrupção e o novo ambiente corporativo no Brasil

“A Lei Anticorrupção tem de ser aplicada a todas entidades jurídicas independente de sua forma societária, faturamento, tamanho etc. Assim, a dimensão do impacto da medida está eclipsada na medida em que o tema tem sido quase sempre relacionado às grandes corporações”, diz especialista

t

Crise na Turquia: quando as carroças puxam os bois

“Um povo desprovido das ações de um Estado que não o representa é um povo largado à própria sorte, facilmente cooptado por fundamentalistas religiosos e políticos”, escreve professor de Relações Internacionais

“The Mona Lisa”

Ainda sobre o linchamento judicial dos terroristas de gogó

Lungaretti critica lei antiterrorismo da gestão Dilma. “É paradoxal que tenha cabido a uma ex-resistente, perseguida e torturada durante o reinado de arbítrio e atrocidades instaurado pelo AI-5, o melancólico papel de dar sinal verde a uma nova escalada de abusos e injustiças”

“The Mona Lisa”

O mundo do trabalho – crise e subemprego na pós-modernidade

“Atual geração, com dificuldades para se inserir no mercado de trabalho, padece nos subempregos. Crianças são jogadas ao mercado para ajudar os pais nas contas domésticas, muitas vezes em situações insalubres e afastando-se dos bancos escolares”, lamenta presidente do CIEE

“The Mona Lisa”

Suape: Belo Monte esquecida

Professor aponta os danos socioambientais em ambos os empreendimentos. “Os territórios de Belo Monte e de Suape sofrem as perversas consequências do desenvolvimento predatório, excludente e concentrador de renda, cuja principal característica comum é a destruição da vida”

d

Confira comigo no replay

“O que me joga mesmo no divã é tentar entender a razão da crescente tara coletiva em querer rebobinar tempos que começaram com intolerância e acabaram em holocausto; tempos sombrios, protagonizados por grandes empreiteiros do ódio”

x

Carta aberta aos parlamentares sobre a proposta de reforma política em discussão no Congresso

“Leitura que se faz do que tramita hoje no Congresso é a de que não se trata de melhorar nosso sistema eleitoral, mas de assegurar o mandato de inúmeros parlamentares envolvidos com corrupção”, observa membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social

“The Mona Lisa”

Rogério Marinho: verdades e mentiras sobre a modernização das leis trabalhistas

Relator da reforma trabalhista na Câmara critica seus opositores. “Nosso país é plural, heterogêneo e livre. A tutela excessiva do Estado inibe a livre negociação e desestabiliza a relação entre trabalhadores e empresários”

Macron e Le Pen

O que diz o resultado da eleição na França

“Maioria pobre e esquecida do mundo não mais acredita que os sacrifícios do presente venham a resultar num futuro melhor”, diz advogado e sociólogo ao analisar a passagem de Emmanuel Macron, de centro, e Marine Le Pen, de extrema-direita, ao segundo turno na França

x

Nove verdades e uma mentira sobre a crise e as reformas

O escritor Fábio Flora adere à brincadeira que se espalhou nas redes sociais para fazer um retrato crítico das atuais crises política e econômica do país e das reformas trabalhista e da Previdência, em votação na Câmara

"Quando o povo simplesmente deixou de se indignar com a situação política?"

Corrupções cotidianas e leniências políticas

“Os escândalos de corrupção que marcam o cotidiano político nacional são apenas um reflexo de uma sociedade marcada profundamente pela ideia de que a coisa pública é um bem que deve ser usufruído por aqueles que alcançam determinadas esferas de poder”

Tiradentes em pintura histórica

Mártir da Independência? Não. Herói revolucionário

“Em vez de heróis altaneiros, os infantilizados brasileiros são carentes mesmo é de figuras protetoras, dos coronéis nordestinos aos padins Ciços da vida, passando por pais dos pobres tipo Getúlio Vargas e Lula”, diz Lungaretti

“The Mona Lisa”

Invisíveis – quando uma reportagem sobre violência ignora o óbvio

“Como pode uma reportagem sobre violência no Brasil não percorrer periferias, se é nesses espaços que acontece a maioria dos homicídios dolosos ou por balas (nem sempre) perdidas?”

“The Mona Lisa”

A aposentadoria e os “privilégios” dos servidores

“Parece que os detratores da imagem dos servidores esquecem que nenhum servidor admitido depois de fevereiro de 2013 ganha de aposentadoria mais do que o teto do INSS. E que, desde 2003, não há mais paridade e integralidade”

“The Mona Lisa”

Reforma da Previdência: qual empreiteira está bancando?

“Já é de conhecimento geral uma dívida do empresariado com a Previdência Social da ordem de 420 bilhões de reais”, desconfia bacharel em Direito

kvsl

Impactos das reformas trabalhistas no mundo

“O fundamento comum observado nas diversas inciativas de reformas, no contexto da grave crise e da estagnação econômica com desemprego, foi o de aumentar a competitividade das economias ou de criar postos de trabalho”

Publicidade Publicidade