Todas as postagens de Edson Sardinha

Napoleão Nunes Maia, Gilmar Mendes e Tarcisio Vieira foram acompanhados de Adson Gonzaga ao votar contra a cassação

Temer na Presidência é revés para o combate à corrupção no mundo, diz Transparência Internacional

Continue lendo...
x

Com metade dos deputados réus, Câmara do DF quer moralizar: proíbe “roupa muito curta” na Casa

"Temer e sua frágil assessoria palaciana não devem ter examinado com cuidado o passado"

Oposição articula CPI para investigar suspeita de que o Planalto espiona Fachin

Alexandre Baldy, Temer e Marcela, em jantar oferecido pelo casal no Palácio do Planalto, em outubro do ano passado, para discutir reforma da Previdência

Após vitória no TSE, Temer comemora aniversário de Maia na casa do relator da CPI da JBS

Admar Gonzaga, à direita, conversa com Tarcisio Vieira. Os dois "calouros" votaram com Napoleão Nunes Maia, à esquerda, e Gilmar Mendes contra a cassação da chapa

Ministros indicados por Temer foram decisivos na absolvição do presidente no TSE

Gilmar

Com voto de Gilmar, TSE livra Temer de cassação

Rosa Weber:

Rosa Weber vota pela cassação e joga decisão para Gilmar Mendes

Voto de desempate de julgamento cabe a Gilmar Mendes

TSE já tem maioria para absolver Temer e Dilma

Napoleao_Roberto Jayme AscomTSE

Napoleão vota contra cassação e cita crucificação de Cristo: “Pilatos tentou democratizar e deu no que deu”

Declaração final de Herman Benjamin é recado direto a ministros, como Admar Gonzaga (ao fundo), que defendem que novas provas sejam ignoradas pelo TSE

Relator pede cassação da chapa Dilma/Temer e desafia: “Recuso o papel de coveiro de prova viva”

Em 2009, o presidente admitiu ter usado a cota parlamentar para custear as passagens deles e outros familiares para Porto Seguro. Oito anos depois, o peemedebista volta a ser questionado sobre uso de aeronave, agora, de Joesely Batista

Antes de voar em avião de Joesley, Temer e Marcela fizeram turismo na Bahia com verba pública

Gilmar chamou de "falacioso" argumento de Herman Benjamin, à esquerda, e disse ser o responsável pelo "brilho" do colega na TV. "Prefiro o anonimato", respondeu o relator

Gilmar Mendes e Herman Benjamin travam duelo no 2º dia de julgamento no TSE

Herman Benjamin

Gilmar pede “moderação”, e Herman Benjamin retruca: “TSE cassa aqueles que vão contra a democracia”

Celso Jacob fez juramento de defender e cumprir a Constituição ao tomar posse na Câmara

Deputado do PMDB condenado a mais de sete anos de reclusão é preso ao desembarcar em Brasília

Henrique Eduardo Alves foi ministro do Turismo de Dilma e Temer. Ex-deputado é um dos amigos mais próximos do peemedebista

Preso pela PF, Henrique Eduardo Alves foi deputado por 44 anos e responde a outras acusações na Justiça

Em sua posse, em julho do ano passado, Marx Beltrão disse que não cometeu qualquer crime: "Estou tranquilo"

STF julga ministro do Turismo por falsidade ideológica

Atores, escritores,

Artistas pró e contra Dilma lançam movimento “Temer, jamais”

x

STF pede explicações de Jucá antes de autorizar novo inquérito contra o líder do governo no Senado

Agentes das Forças Armadas já se dirigiam à Esplanada dos Ministérios no início da noite de quarta (24). Por decreto, efetivo ficará até dia 31 de maio

Temer diz que decidiu por Forças Armadas por “insuficiência” da Força Nacional de Segurança

Rollemberg reclamou de não ter sido consultado sobre Forças Armadas em Brasília. Efetivo terá 1500 agentes nas ruas até dia 31

Governador de Brasília reprova uso de Forças Armadas e reclama de Temer por não ter sido consultado

Rocha Loures é uma pessoa de "muito boa índole", segundo Temer. Presidente diz que ex-assessor foi seduzido por delator

Afastado das funções, Rocha Loures receberá salário de R$ 33,7 mil da Câmara

Agnelo e Filippelli, juntos no governo, e agora na prisão

Após deixar governo, Agnelo acumulou condenações na Justiça e virou vendedor de loja virtual

Arruda, com sua esposa, em 2010, ao deixar a carceragem da PF após dois meses preso. Ex-governador é acusado de voltar a cometer crimes

Preso pela segunda vez, Arruda amplia sua coleção particular de escândalos políticos

Na linha de sucessão de Temer, Maia e Eunício aparecem entre os financiados pela empresa

Parlamentares receberam mais de R$ 107 milhões da JBS, segundo delação; veja a lista

Publicidade Publicidade