Brasil lança em órbita o Amazonia-1, primeiro satélite 100% brasileiro

O Brasil lançou, na madrugada deste domingo (28), o primeiro satélite de observação 100% projetado, desenvolvido e testado no país. Conhecido como Amazônia-1, o equipamento, fruto de 13 anos de investimento, já está em órbita e recebendo seus primeiros comandos.

O lançamento do foguete ocorreu no Satish Dhawan Space Centre, em Sriharikota, cidade na costa leste da Índia. A operação ocorreu sem imprevistos, e 17 minutos após o lançamento o satélite de 4 metros e 640 kg já estava desacoplado do propulsor. O lançamento pode ser visto aqui, a partir de 2h55min.

Este satélite servirá para o monitoramento da Amazônia, mas poderá fazer imagens de alta resolução em regiões costeiras, reservatórios de água e auxiliar em desastres ambientais. O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, está na Índia, e considerou o lançamento como o início de uma nova fase na indústria de satélites do Brasil.

Outros dois equipamentos, o Amazônia-1B e o Amazônia-2, devem ser lançados no futuro. Hoje, o Amazônia-1 é o terceiro satélite do seu tipo à disposição do Estado brasileiro, e se junta ao CBERS-4 e CBERS-4A na missão de sensoriamento remoto a partir do espaço.


> Farol político: O strip-tease de Bolsonaro e aliados
> Governo indica militar para liderar extinção da “estatal do chip”

Continuar lendo