BH diz ter caso suspeito de coronavírus e Ministério da Saúde nega

A Secretaria da Saúde de Minas Gerais anunciou um caso suspeito de coronavírus. Na última terça (21) uma paciente de 35 anos foi internada na UPA Centro Sul de Belo Horizonte. Ela esteve em Shangai e chegou em BH no dia 18 com sintomas respiratórios compatíveis com a doença. A presença do vírus surgiu em dezembro na cidade chinesa de Wuhan e já matou 17 pessoas.

> Erradicada há 20 anos, febre hemorrágica volta a matar em SP

O caso foi notificado como suspeito pela secretaria estadual. O órgão levou em conta o "contexto epidemiológico atual do país onde a paciente esteve, foi considerada a hipótese de doença causada pelo novo Coronavírus, que é microorganismo de alerta sanitário internacional, considerando o potencial pandêmico com alto risco à vida e impacto assistencial".

A paciente está clinicamente estável e o caso segue em investigação.

O Ministério da Saúde descartou a possibilidade de que o caso em questão possa ser enquadrado como suspeito de coronavírus.

China

Já são 17 mortes decorrentes da infecção pelo novo tipo de coronavírus detetado na China. Já são mais de 550 pessoas infectadas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) reúne-se para decidir se deve declarar uma "emergência de saúde pública de interesse internacional".

A Comissão Nacional de Saúde chinesa havia alertado que o novo tipo de coronavírus poderia "sofrer mutações e espalhar-se mais facilmente".

O que é Coronavírus

Os coronavírus (CoV) são uma grande família viral, conhecidos desde meados dos anos 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais. Geralmente, infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem. Segundo informações divulgadas pelo Centro de Controle de Doenças Americado - CDC e Organização Mundial da Saúde – WHO, as autoridades chinesas relataram que um novo coronavírus (nCoV) foi identificado no país. Atualmente são 300 casos confirmados na China.

No dia 21 de janeiro de 2020 foi identificado o primeiro caso nos EUA. Também já foram identificados casos em outros países (Japão, Tailândia, Coreia do Sul), todos os casos identificados foram de pessoas que estiveram na região de transmissão.

> OAB e MST entram com representação na PGR contra Salles

*Com informações da Secretaria de Saúde de Belo Horizonte e Agência Brasil

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!