Congresso em Foco

Senadora questionou Marcelo Álvaro Antônio sobre suspeitas de laranjas e foi advertida[fotografo]Reprodução/TV Senado[/fotografo]

Ministro do Turismo nega suspeitas de laranjas no PSL em audiência no Senado

10.04.2019 10:11 10

Reportagem Em

10 respostas para “Ministro do Turismo nega suspeitas de laranjas no PSL em audiência no Senado”

  1. nuno. m disse:

    Esse será o próximo a ser tirado pelo Bolsonaro para TENTAR MANTER O MORO, “QUE ESTÁ QUEIMADO PÓ CONTA DA SUPOSTA FUNDAÇÃO lava-JATO, QUE SERIA montada com o dinheiro da PETROBRAS”.

  2. Ricardo Vasconcellos disse:

    Passa um óleo de peroba na cara desse canalha!

  3. ivan rosa fernandes disse:

    Tome vergonha nessa cara ministro. Voce pensa que no Brasil só tem idiotas como nesse governo medíocre? O nome de seu partido já diz tudo: PSL – Partido Só Laranjas- Aí tem de tudo: Ladrões como voce, corruptos, desviadores de dinheiro de fundos de pensão, milicianos e outros tipos de bandidos.

    •Editar•Responder•Compartilhar ›

  4. ivan rosa fernandes disse:

    Tome vergonha nessa cara ministro. Voce pensa que no Brasil só tem idiotas como nesse governo mmandantes de crimes, milicianos,edíocre? O nome de seu partido já diz tudo: PSL – Partido Só Laranjas- Aí tem de tudo: Ladrões como voce, corruptos, desviadores de dinheiro de fundos de pensão, milicianos e outros tipos de bandidos.

  5. Lyz Zyl disse:

    Na real mesmo???
    Vc não vê nenhum ministro com planejamentos eficazes pra melhorar sua área, vc não vê eles falando em aumentar a pesca pra alimentar o povo aqui com novos produtos tipo enlatados de peixe, peixe seco, mesmo tendo uma uma costa gigante, custa 20 reas meio quilo de peixe!!!!
    Vc não vê eles falando em melhorar acesso a cidades turisticas como as de Minas, RS, Bahia.
    Melhorar a educação criando intensivo de lingua .estrangeira como ingles e espanhol desde a 2 serie primaria, além de criaçao de profissionalizantes desde o fim do fundamental ou a criação de transporte aquatico onde der, pra diminuir custos e poluição, além de aumentar o acesso.
    Só de papo de 1964 e comuna…faça-me o favor!
    Nem programa de controle de natalidade eficaz com aplicação de anticoncepcional injetavel desde 14 anos e DIU.

    Só sabe aumentar populismo com aumento de Bolsa Parideira, a fazer mais favela e criminosos.
    Quem vai investir em pais que so tem favelado e criminoso???
    Aqui só aumenta é favela e maloqueiros, quem trabalha é escravo do governo a sustentar
    seus reinados e os maloqueiros pra dar votos a eles o que o PT ja fazia e o BOZO e seus ministros de araque continuam fazendo!
    Ainda vem alienada de Ministra de Agricultura – fazendeira!!!! com papo que aqui não passam fome porque comem manga de arvores na ruas…,esta então é digna de INTERNAÇÂO num maniconio.
    Não dou mais seis meses pra estarmos como a Grécia e a Venezuela juntas.
    Na minha cidade só tem local de comercio fechado e enchendo de favela, nas outras deve ser a mesma coisa.
    O país esta a deriva e afundando com estes loucos.
    O povo trocou 6 por 666.

  6. Rafael Ferreira disse:

    Tudo culpa do PT.

  7. Felix disse:

    Se ele gosta tanto do bolsonaro, deveria ficar de licença até o fim do inquérito.

    Cadê o queiroz? O flavinho vai depor que dia?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via