Psol pede investigação contra deputados envolvidos em compra de emendas

Representações foram entregues ao presidente da Câmara. O partido quer que p Conselho de Ética invetique João Bacelar e Marcos Medrado pela denúncia de que negociaram emendas para a Bahia, reduto eleitoral de Bacelar

O Psol protocolou nesta quinta-feira (28) representação contra os deputados João Bacelar (PR-BA) e Marcos Medrado (PDT-BA). Os dois são acusados de compra e venda de emendas parlamentares. As representações foram entregues ao presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), e serão encaminhadas ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Casa. Na semana passada, o partido pediu à Corregedoria que investigue também o envolvimento do deputado Geraldo Simões (PT-BA) no esquema.

Outros destaques de hoje no Congresso em Foco

As denúncias, publicadas pelo jornal O Globo, mostram que Bacelar destinava as emendas à sua base eleitoral na Bahia, com contratações de empresas ligadas à família do deputado e indicações políticas para desviar dinheiro público.

Para o deputado Ivan Valente (Psol-SP), a utilização de emendas para a prática de corrupção é “lamentável”. Ele assinou as duas representações. Segundo o deputado, a investigação no Conselho de Ética será importante para se descobrir se há outros parlamentares envolvidos no esquema.

Valente também falou sobre deputados envolvidos. “O Bacelar tem contra ele provas, depoimentos e gravações. O Marcos Medrado é réu confesso, porque confirmou que havia venda de emendas. Esperamos que a investigação chegue a outros parlamentares e que aqueles que praticaram estes desvios sejam punidos”, defendeu.

Marco Maia negou, na semana passada, que haja um esquema generalizado de compra e venda de emendas parlamentares. “A denúncia, que deve ser investigada, envolve apenas três deputados. Na grande maioria dos casos, a aplicação das emendas se dá conforme a lei". Maia acredita que as emendas são o instrumento mais democrático para aproximar o Parlamento do cidadão comum na aplicação dos recursos públicos.

Saiba mais sobre o Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!