PSL sofre subdivisão de alas, afirma líder do partido na Câmara

O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (PSL/GO), afirmou que as alas ideológica, militar e pragmática, que ele havia declarado existir em entrevista ao jornal Gazeta do Povo, se subdividiram. Segundo ele, parlamentares estão mudando de lado muito rapidamente dentro do partido.

> PSL vai exigir o mandato dos parlamentares que deixarem a sigla

"Algumas alas se dividiram, houve uma subdivisão dessas alas. Alguns que eram da ala militar, já não são mais. Alguns que eram olavistas, já não são tão olavistas. E outros que eram pragmáticos, já não são tão pragmáticos. A todo momento acontece uma adequação", disse.

A declaração veio em meio ao racha que o partido vive. Alguns parlamentares estão afirmando que desejam sair da sigla. Segundo Waldir, quem resolver sair vai perder o mandato. "Não tem negociação de saída, não janela, não tem negociação. Não tem nenhuma negociação", disse enfaticamente o líder da sigla na Câmara.

Quando questionado sobre o caso da deputada Alê Silva (MG), que afirmou ao Congresso em Foco que irá migrar para o Podemos, Waldir disse que o PSL pedirá o mandato dela. "Existem centenas de suplentes no Brasil todo em busca de um mandato parlamentar. Aquele que sair, com certeza o partido vai pedir este mandato", afirmou.

A crise no PSL se acirrou, quando Bolsonaro disse a um seguidor que era para esquecer o partido. De lá pra cá, o presidente tem feito críticas aos membros partidários. Mesmo reforçando o apoio ao presidente, Waldir relembrou as pautas que deveriam se tornar prioridades. "Nesse momento a pauta tem que ser geração de emprego, redução da pobreza. Reforma da  previdência, tributária e administrativa. É isso que nós queremos discutir", disse.

Apesar de não expulsar os parlamentares envolvidos em toda crise, o líder na Câmara afirmou que eles sofrerão punições. "Existem algumas pessoas que atacaram a mim, atacaram o presidente Bivar, atacaram o PSL. Essas pessoas com certamente sofrerão punições internas dentro do partido".

> Major Olimpio deseja expulsão de parlamentares que causaram racha no PSL

> PSL se livrará de xiitas e folclóricos, diz aliado de Bivar

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!