PSDB avalia seguir DEM e sair do bloco de Baleia para ficar neutro

O PSDB na Câmara estuda seguir a posição declarada pelo DEM e liberar os deputados para votarem em quem quiserem nas eleição pelo comando da Casa. O partido está oficialmente com Baleia Rossi (MDB-SP), mas quase 20 dos 31 deputados da legenda vão votar em Arthur Lira (PP-AL).

Apesar da maioria pró-Lira, a legenda não vai embarcar no bloco do líder do PP. Mesmo apoiadores do alagoano no partido admitem que esse cenário é difícil e dizem que votam em Lira, mas não assinam lista para entrar no bloco do líder do Centrão.

O Congresso em Foco apurou que o PSDB ainda não tomou uma posição e aliados de Baleia tentam manter a sigla no bloco do emedebista.

Os grupos precisam ser definidos até as 12h de hoje. A formação de blocos é importante porque define a ocupação de cargos na mesa diretora e na presidência de comissões. Baleia começou a campanha com a expectativa de ter o maior grupo, mas está atrás de Lira após o PSL desembarcar do grupo do emedebista.

A dianteira do bloco de Lira foi ampliada com a saída do DEM de Baleia e pode ser aumentada ainda mais caso o PSDB também decida liberar a bancada. Na noite de domingo, o deputado Celso Sabino (PSDB-PA) promoveu uma confraternização entre Arthur Lira e tucanos que o apoiam.

> Bloco de Maia e Baleia era fake, diz vice de Lira

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!