Paulo Guedes cancela ida ao Senado em meio às negociações da reforma da Previdência

O ministro da Economia, Paulo Guedes, cancelou sua participação na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, que estava agendada desde semana passada para esta terça-feira (12). Ele foi convidado pelos senadores para discutir a questão da dívida dos estados. A audiência foi remarcada, em princípio, para o próximo dia 26, conforme informações da secretaria do colegiado.

De acordo com a CAE, a informação de que Paulo Guedes não iria mais chegou no início da noite dessa segunda (11), com a justificativa de incompatibilidade de agenda. Já o Ministério da Economia, por meio da assessoria de imprensa, diz que "o compromisso não constou da agenda do ministro". A participação de Guedes, porém, estava na pauta da comissão.

As reuniões da CAE acontecem sempre às terças, a partir das 10h. Na manhã de hoje, entre os compromissos de Guedes estavam uma reunião com o ex-deputado Silvio Costa e a participação na cerimônia, no Palácio do Planalto, de recepção do presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez.

Paulo Guedes tem outro compromisso previsto no Senado nesta quarta-feira (13): a participação em uma sessão temática, no plenário, a convite do presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e dos líderes partidários para debater a reforma da Previdência. O ministro, porém, ainda não confirmou sua presença.

A ausência de Guedes ocorre no momento em que o governo tenta articular e unir a base em torno do texto da reforma da Previdência. Apesar de o convite ter sido feito para tratar de dívida dos estados, a reforma também seria tema do debate. A proposta ainda está na Câmara, mas seguirá para o Senado tão logo seja aprovada pelos deputados.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, contudo, primeiro local por onde a proposta de emenda à Constituição (PEC) que trata do assunto deve passar, sequer foi instalada ainda. Há expectativa de que isso ocorra amanhã.

>> Líderes decidem segurar reforma da Previdência na CCJ até envio de novas regras para aposentadoria dos militares

>> Paulo Guedes é esperado no Senado para debater Previdência e dívida dos estados

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!