Frota pede cassação de Flávio Bolsonaro a Davi Alcolumbre

O deputado Alexandre Frota (PSDB/SP), ex-aliado da família Bolsonaro, pediu a cassação do mandato do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos/RJ). No ofício encaminhado ao presidente da Casa, senador Davi Alcolumbre (DEM/AP), o parlamentar pede que seja instaurado processo disciplinar "por crimes de improbidade administrativa, peculato e associação criminosa".

Como justificativa, Frota se baseia nas investigações do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre o "Caso Queiroz", que apura o caso de corrupção envolvendo o sistema de "rachadinhas" no gabinete de Flávio, então deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). A denúncia feita pela revista Época de que o senador estaria tentando interferir nas investigações foi considerada "tráfico de influência" pelo deputado e abre fundamento para a perda do mandato do senador.

Confira o documento na íntegra:

Por protocolo da Casa, o pedido é encaminhado ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar (CEDP) do Senado. O presidente da Comissão é o senador Jayme Campos (DEM/MT). A Comissão, entretanto, não se reúne  desde setembro de 2019.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!