Senador lê relatório em que desmembra ministério do Desenvolvimento e mantém Coaf com Moro

O relator da Medida Provisória que reestruturou a Esplanada, senador Fernando Bezerra (MDB-PE), leu na tarde desta terça-feira (7) seu relatório na comissão especial que analisa a MP 870. Um dos principais pontos do texto é o desmembramento do Ministério do Desenvolvimento Regional em outras duas pastas, Cidades e Integração. A reunião, suspensa em seguida, será retomada na quarta (8) às 14h30.

Na manhã desta terça-feira (7), o líder do governo se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Eles deram aval ao retorno dos ministérios, um dos pontos de maior apelo entre os deputados e senadores que integram a comissão especial que analisa a MP. Dessa forma, o governo espera facilitar a aprovação do texto no colegiado.

Bezerra avalia ter um placar apertado, mas favorável à proposta no colegiado. Outro ponto polêmico é a permanência do Coaf (Conselho de Controle das Atividades Financeiras) no Ministério da Justiça.

A breve reunião desta tarde teve reclamações e pedidos dos parlamentares para que o texto não seja votado amanhã, como é intenção do governo. A MP precisa ser apreciada pela comissão e pelos plenários da Câmara e do Senado até 3 de junho para não perder a validade.

 

>> Para aprovar MP da reforma administrativa, Bolsonaro dá aval a recriação de dois ministérios

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!