Bolsonaro comemora eleição de Pacheco no Senado

Jair Bolsonaro comemorou pelas redes sociais o resultado da eleição para a presidência do Senado. Rodrigo Pacheco (DEM-MG) era considerado o favorito na disputa, foi apadrinhado pelo seu antecessor Davi Alcolumbre (DEM-AP) e recebeu o apoio do Planalto, assim como da maioria dos partidos no Senado.

Bolsonaro usou as redes sociais para exaltar a vitória de Pacheco e também chamar a atenção para o voto impresso. Pauta que defende desde 2018.

Em seu discurso antes da votação, Pacheco disse que assegurava o "propósito de independência ao demais poderes". A não subserviência ao governo federal é um dos elementos defendidos pelo senador em sua candidatura. Pacheco prometeu a defesa "intransigente do estado democrático de direito. A defesa do federalismo" e prometeu em plenário que o Senado não sofrerá interferências externas.

> Rodrigo Pacheco é eleito presidente do Senado

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!