Ciro e PDT recorrem ao STJ para visitar Lula na prisão

Para ser autorizado a visitar o ex-presidente Lula na prisão, o PDT do candidato à Presidência da República Ciro Gomes recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Segundo o portal G1, o pedido foi protocolado ontem (segunda, 21), mas o pedido só foi encaminhado ao relator da Lava Jato no STJ, ministro Félix Fisher, hoje (21).

O pedido do PDT é para que Ciro, o presidente da sigla, Carlos Lupi, e o líder do partido na Câmara, o deputado André Figueiredo (CE) possam visitar o petista em Curitiba. Lula está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal (PF) na capital do Paraná.

O pedido dos líderes pedetistas já foi negado pela Justiça Federal do Paraná e pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

No novo recurso, a sigla alega que, após negar a Ciro, Lupi e Figueiredo visitas a Lula, o TRF-4 liberou que outras pessoas visitassem o petista às quintas-feiras.

Os três pedem para ver Lula como amigos do ex-presidente, e afirmam no pedido que visitas de amigos é um “direito líquido e certo inerente ao prisioneiro”.

Leia a íntegra da reportagem do G1.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!