Psol quer convocar Heleno para explicar acusações a movimento indígena

A deputada Sâmia Bomfim (SP), líder do Psol na Câmara, apresentou um requerimento de convocação do ministro General Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional. No documento, subscrito por toda a bancada do partido, ela pede que Heleno explique acusações feitas à Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) e ao Psol.

Em seu Twitter, o ministro acusou a Apib de publicar fakenews sobre o Brasil.

No requerimento, a bancada do Psol afirma que Heleno proferiu "alegação de natureza intimidatória e falsa envolvendo a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e suas lideranças, às quais merecem ser imediatamente esclarecidas perante esta Casa".

"As declarações intimidatórias e falaciosas, diga-se novamente, mencionam nominalmente a Sra. Sônia Guajajara, uma das principais lideranças indígena e social no Brasil e no mundo, reconhecida  ela luta em defesa dos direitos dos povos indígenas, expressamente negligenciados pelo Governo Bolsonaro", diz o texto.

Para que Heleno seja convocado, o requerimento deve ser aprovado pelo plenário da Câmara. Veja a  íntegra do documento:

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!