Com cargo em perigo, Filipe Martins tem namorada em cargo de confiança

O chefe da assessoria internacional do presidente Jair Bolsonaro, Filipe Garcia Martins, está com seu cargo em risco desde que fez um gesto vinculado a supremacistas brancos durante uma sessão do Senado Federal. Enquanto as investigações contra o assessor da Presidência seguem em curso no Senado, a namorada de Filipe, Anelise Hauagge, mantém cargo de confiança no Ministério das Comunicações.

De acordo com o Portal da Transparência, Anelise é gerente de projeto no Departamento de Comunicação Internacional do órgão. A nomeação de Anelise ao cargo foi recente, em 15 de janeiro, e assinada pelo ministro Fábio Faria. A entrada no cargo ocorreu apenas duas semanas depois.

Não há, no entanto, nenhuma menção ao currículo da servidora, seja na página do Ministério das Comunicações, seja em outros sites. Também não há nenhuma informação sobre Anelise em nenhuma das páginas do governo federal.

Até agora, há uma única ficha salarial de Anelise disponível: em seu cargo de confiança, o rendimento é R$ 10.373 brutos.

O nome de Anelise gera poucos resultados pela Internet – há apenas uma menção a ela como sócia de uma loja de sapatos em Ponta Grossa, no Paraná, há oito anos. No Instagram de Filipe Martins, no entanto, ela é uma presença constante.

O Congresso em Foco entrou em contato com o Ministério das Comunicações para que a pasta disponibilizasse o currículo da servidora, mas ainda não obteve resposta.

Há a possibilidade de o cargo de Anelise não ser lotado diretamente no Ministério das Comunicações, mas diretamente na Secretaria de Comunicação da Presidência da República – o que aumentaria as chances de ela atuar diretamente no Palácio do Planalto, junto do namorado.

Bruna Becker, ex-namorada de Filipe Martins, já teve cargo no gabinete do Ministério da Educação (MEC), durante o curto mandato de Ricardo Vélez Rodriguez na pasta. Não há, no entanto, menção a seu salário no Portal da Transparência.

> MPF apresenta notícia-crime por racismo contra assessor de Bolsonaro
> Entenda o gesto feito por assessor de Bolsonaro e sua relação com o racismo

Continuar lendo