Bolsonaro fala em vetar fundo eleitoral, durante entrevista à TV Brasil

O presidente Jair Bolsonaro indicou que irá vetar o trecho da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) que traz aumento de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões. "Posso adiantar para você que ela não será sancionada", disse em entrevista à TV Brasil.

A entrevista vai ao ar às 22h30 desta segunda-feira (19) e a divulgação do trecho com as falas do presidente sobre o veto foi adiantado pela CNN.

"Nem tudo que eu apresento ao Legislativo é aprovado e nem tudo que o Legislativo aprova, vindo deles, eu tenho obrigação de aceitar do lado de cá. Mas a tendência nossa é não sancionar isso daí em respeito ao trabalhador, ao contribuinte brasileiro", declarou. O presidente também classificou o valor como "astronômico".

"Então, é uma a cifra enorme que no meu entender está sendo desperdiçada, caso sela seja sancionada. Posso dizer a você que não será sancionada", comentou também.

Na quinta-feira (15) o Congresso aprovou o texto da LDO para 2022. Diante de repercussão negativa, o presidente Jair Bolsonaro foi à público, no domingo (18) atacar o vice-presidente da Câmara, deputado Marcelo Ramos (PL-AM) a quem atribuiu a aprovação da matéria. Ramos presidia a sessão da Casa no dia da votação. "O responsável por aprovar isso aí e o Marcelo Ramos (PL), lá do Amazonas, o presidente... Ele que fez isso tudo, porque se tivesse destacado, talvez o resultado tinha sido diferente. Então cobre em primeiro lugar do Marcelo Ramos", retrucou Bolsonaro ao ser questionado sobre a sanção, ou não, da matéria.

> Marcelo Ramos pede a Lira acesso aos pedidos de impeachment contra Bolsonaro

> Veja quem votou a favor da LDO com fundo eleitoral de R$ 5,7 bi

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo