Parlamentares do AM reagem à declaração de Bolsonaro sobre fim da Zona Franca

A bancada do Amazonas no Congresso reagiu à provocação do presidente Jair Bolsonaro, que durante transmissão ao vivo na noite de quinta-feira (20), questionou o que seria de Manaus sem a Zona Franca. O comentário foi dirigido ao presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), e ao senador Eduardo Braga (MDB-AM), também integrante da comissão.

“Imagine Manaus sem a Zona Franca, hein, senador Aziz. Você que fala tanto na CPI, senador Eduardo Braga, imagine aí o estado, ou Manaus, sem a Zona Franca”, afirmou Bolsonaro.

Pelas redes sociais, Aziz disse que a Zona Franca tem um importante papel na economia, não apenas do Amazonas, mas do Brasil. Ele classificou a declaração de Bolsonaro como uma ameaça à região.

O vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), também criticou o presidente e disse preferir imaginar a Zona Franca sem o ministro Paulo Guedes. "Quando o presidente ameaça a ZFM, ele não ameaça os senadores Omar e Braga, ele ameaça o emprego de milhares de amazonenses, os negócios das empresas que investem em Manaus, a receita de impostos estaduais que pagam saúde e educação", apontou.

> Bolsonaro estava em reunião que negou oxigênio a Manaus, admite Pazuello

Continuar lendo