Lula joga futebol com Chico Buarque em campo do MST

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou de um jogo de futebol com Chico Buarque neste domingo (22) em um campo do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no interior de São Paulo.

> Bolsonaro diz que exame descartou câncer de pele

Já antes da partida, Lula, que vestiu a camisa 13, foi alvo de brincadeiras do músico. "Espero que os fortes zagueiros do MST deixem o Lula livre", disse Chico Buarque. A piada acabou por se tornar verdade, e o time dos dois ganhou por dois a um.

O petista abriu o placar da partida em uma cobrança de falta. Por ter tirado a camisa na comemoração, levou um cartão amarelo do jornalista e sociólogo Juca Kfouri, que apitava a partida. As informações são da Folha de S. Paulo.

O time do MST empatou com um gol do músico Nilton Tato, que recebeu a bola do presidente nacional do Psol Juliano Medeiros. Mas Chico Buarque fez o gol da vitória de seu time ao final do jogo.

A partida contou com nomes conhecidos na esquerda brasileira. No time "Amigos do MST" jogaram o músico Renato Brás e a atriz e líder de movimento de moradia Preta Ferreira. Já o time "Amigos de Lula e Chico Buarque" teve os petistas Fernando Haddad, Eduardo Suplicy e o cantor Chico César.

Solto, mas condenado

Lula foi solto em 8 de novembro depois de 580 dias preso na Polícia Federal em Curitiba (PR), após uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que entendeu ser ilegal a prisão em segunda instância.

Apesar de não estar mais na cadeia, as condenações do sítio de Atibaia e do triplex do Guarujá ainda pesam contra ele. Em 27 de novembro, o cenário ficou ainda mais negativo, com a confirmação da condenação em segunda instância do sítio no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) – até aquele momento, Lula só havia sido condenado em 2ª instância no caso do triplex.

> Os 60 principais ataques ao estado de direito em 2019, segundo o Pacto pela Democracia

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!