Copa América: Comissão de Esportes pedirá informações à CBF e Ministério da Saúde

O presidente da Comissão de Esportes da Câmara, deputado Felipe Carreras (PSB-PR), afirmou nesta segunda-feira (31) ao Congresso em Foco que aprova com ressalvas a realização da Copa América no Brasil, anunciada nesta manhã pela Conmebol. Para ele, o evento pode ser realizado no país desde que sejam seguidos todos os protocolos sanitários.

Ele antecipou ao Congresso em Foco que vai pedir ao Ministério da Saúde e à CBF que informem quais procedimentos de prevenção à covid serão empregados no período dos jogos. O anúncio de que o torneio será realizado no Brasil foi feito após Argentina e Colômbia se recusarem a realizar o evento por conta da pandemia de covid-19.

O conteúdo deste texto foi publicado antes no Congresso em Foco Insider, serviço exclusivo de informações sobre política e economia do Congresso em Foco. Para assinar, entre em contato com comercial@congressoemfoco.com.br.

Neste domingo (30), a Conmebol informou que a realização do evento na Argentina foi suspensa "em atenção às circunstâncias presentes" e que analisava ofertas de outros países para sediar o torneio. Pouco mais de doze horas depois, afirmou que o Brasil concordou em abrigar os jogos:

Carreras criticou o fato de nenhuma autoridade brasileira ter se manifestado até o momento sobre o assunto. A Conmebol agradeceu a autorização do presidente Jair Bolsonaro e da CBF para que o torneio aconteça no Brasil.

Para Carreras, o fato de o anúncio ter sido feito de forma “intempestiva” mostra desorganização e falta profissionalismo. Na avaliação do deputado, o anúncio deveria ter sido feito em conjunto pelo governo brasileiro e pela CBF.

O deputado ressaltou que o Brasil tem jogos desde 2020 e já assiste ao segundo Campeonato Brasileiro durante a pandemia. Também lembrou que Tóquio sediará em menos de dois meses os Jogos Olímpicos, que inicialmente ocorreriam ano passado, mas foram adiados por causa da covid-19.

Continuar lendo