Cinco deputados são candidatos a vice-prefeito

Os cinco candidatos a vice disputarão capitais e pertencem a cinco partidos diferentes

Apenas cinco congressistas participam de chapas como candidatos a vice-prefeito. Todos são deputados, membros de cinco partidos diferentes e postulantes a cinco prefeituras de duas regiões do país – Nordeste, com quatro nomes, e Sul, com apenas o líder do PPS na Câmara, Rubens Bueno (PR), que disputa a capital Curitiba na chapa de Luciano Ducci (PSB). Nenhuma mulher está entre os candidatos a vice.

Todos na disputa por capitais estaduais, os demais deputados federais candidatos a vice são: Efraim Filho (DEM-PB), que concorre à Prefeitura de João Pessoa na chapa de Estelizabel Bezerra (PSB); Chico Lopes (PCdoB-CE), na disputa “chapa pura” em Fortaleza com o senador Inácio Arruda; Marllos Sampaio (PMDB-PI), que vai para o pleito ao lado do prefeito Elmano Férrer (PTB), candidato à reeleição; e João Paulo Lima (PT-PE), que pretende comandar Recife em conjunto com o senador Humberto Costa, também em chapa “puro sangue”.

Tão variado quanto o cenário geográfico ou partidário de candidatos a vice é a formação profissional de cada um deles. Rubens Bueno, por exemplo, é professor formado em Letras. Já Efraim Filho, que é filho do ex-senador e atual secretário paraibano de Estado Efraim Morais (DEM), é advogado e sócio-gerente em um escritório de advocacia em João Pessoa; o comunista Chico Lopes, por sua vez, é professor universitário e auditor fiscal. Marllos Sampaio, deputado de primeiro mandato, é delegado de polícia com carreira na Secretaria de Segurança Pública do Piauí. E o petista João Paulo Lima, por fim, é técnico em edificações com as qualificações de serralheiro, fresador (corte de material de construção) e caldeireiro.

PT é o partido com maior número de parlamentares candidatos

Continuar lendo