Vídeo: estudantes fecham a entrada do Senado contra a PEC do teto de gastos

Seguranças usaram spray de pimenta para conter os jovens que, em protesto contra a proposta, levaram à obstrução de entradas e saídas de senadores, visitantes e servidores do prédio

 

 

 

Cerca de 30 estudantes obstruíram entradas e saídas do Senado Federal ao promover, nesta quinta-feira (9), um ato de protesto contra a proposta de emenda à Constituição (PEC 55/2016) que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos e a medida provisória (MP 746/2016) que realiza a reforma do ensino médio. No momento mais tenso da manifestação, eles foram contidos pela Polícia Legislativa, que usou spray de pimenta para dispersar os jovens.

Veja no vídeo gravado por um dos estudantes, :

 

Patrícia Cagni/Congresso em Foco
Os manifestantes tentaram entrar no Congresso Nacional pelo Anexo 2, porta próxima à Biblioteca do Senado, mas foram barrados. Eles pretendiam acompanhar a reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que discute e poderá votar ainda hoje (quarta, 9) o relatório de Eunício Oliveira (PMDB-CE) à PEC 55.

“Não é possível a gente ter cerceamento da entrada de pessoas no Senado. Temos um auditório vazio aqui do lado que poderia receber estudantes”, afirmou durante o debate a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), membro da CCJ, em defesa dos estudantes. De acordo com a senadora, um estudante chegou a precisar de atendimento médico.

A reunião da CCJ chegou a ser interrompida por volta das 12h30, após o sistema de som apresentar problemas que levaram a um princípio de incêndio. Os senadores precisaram trocar de plenário e voltaram aos trabalhos cerca de 10 minutos depois para continuar discutindo a PEC do teto dos gastos.

Mais tarde, depois da intervenção de senadores, os estudantes enfim conseguiram adentrar o Senado. Perto da sala da CCJ onde era discutida a proposta, o grupo volotu a entoar cantos e proferir palavras de protesto. Uma equipe de seguranças acompanhou a manifestação sem precisar usar a força. A certa altura do ato, uma servidora da Casa avisou que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), receberia os estudantes, o que lhes acalmou os ânimos.

Confira o protesto já no interior do Senado:

 

Mais sobre o Brasil nas ruas

Mais sobre a PEC do teto

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!