Vestidos de palhaços, estudantes protestam contra Código Florestal

Desta vez, não houve confronto com a Polícia Legislativa. Manifestantes protestaram do lado de fora do Congresso contra mudanças na legislação ambiental

Manifestantes contrários à aprovação do texto proposto para o novo Código Florestal voltaram a protestar, desta vez, em frente ao Congresso Nacional. Senadores da Comissão de Meio Ambiente estão reunidos desde as 11h para discutir e votar o substitutivo de Jorge Viana (PT-AC) ao texto aprovado pela Câmara. Vestidos de palhaços, os estudantes não puderam entrar no Senado.

Munidos de tambores e outros instrumentos, eles se concentraram na entrada principal do Congresso Nacional. Gritando palavras de ordem, os manifestantes pediram a suspensão da votação do novo texto do Código Florestal. Eles também protestaram contra a construção da Usina de Belo Monte, no Rio Xingu, no Pará. Ao contrário das outras duas vezes em que o grupo compareceu ao Senado, desta vez não houve confronto com a Polícia Legislativa. Alguns estudantes afirmaram que a Polícia Militar, chamada para contê-los em caso de confronto, chegou a utilizar gás lacrimogênio, mas a informação não foi confirmada pelos policiais presentes.

Após a manifestação, os estudantes seguiram para a avenida paralela ao Congresso e tentaram mobilizar os motoristas que por ali trafegavam. Um pequeno trecho chegou a ficar engarrafado e um carro teve o limpador de para-brisa danificado. Em pouco tempo, o movimento se dissipou.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!