Veja trecho do debate em que Levy Fidelix associa homossexuais à pedofilia

Candidato do PRTB respondeu pergunta formulada pela presidenciável do Psol durante debate promovido pela TV Record. Disse concordar com decisão do papa Francisco, que determinou prisão de pedófilo

Em debate promovido pela TV Record na noite deste domingo (28), o candidato à presidência da República Levy Fidelix (PRTB) associou homossexualidade à pedofilia. Ele fez referência à detenção de um ex-arcebispo e ex-embaixador da Santa Sé acusado de pedofilia -- trata-se do primeiro caso de prisão no Vaticano de um suspeito de cometer esse crime. A ordem foi dada pelo papa Francisco na última terça (23).

Fidelix também defendeu que gays tenham atendimento psicológico "bem longe daqui". Ele se manifestou sobre o tema em resposta à presidenciável do Psol, Luciana Genro.

Luciana citou a violência sofrida por lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transgêneros (LGBT) e questionou o concorrente sobre a razão pela qual "as pessoas que defendem a família se recusam a reconhecer como família um casal do mesmo sexo". Ele pregou o enfrentamento: “nós somos maioria, vamos enfrentar essa minoria [LGBT]; vamos enfrentá-los. Não tenha medo de dizer que sou pai, mamãe, vovô”.

Assista ao trecho do debate com as manifestações de Levy Fidelix e Luciana Genro sobre o tema:

 

 

Mais sobre as eleições

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!