TV Globo destaca cobertura do Congresso em Foco sobre supersalários

Jornal Nacional e Bom Dia Brasil mostram lista publicada pelo site com a relação de servidores que recebiam, em 2009, salários mais altos do que o legalmente permitido

Por dois dias consecutivos, a TV Globo fez referência a reportagens produzidas pelo Congresso em Foco sobre os supersalários pagos a servidores do Senado. Eram matérias veiculadas sobre a intenção do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal (Sindilegis) de recorrer da decisão do Tribunal de Contas da União que determina a redução dos salários acima do teto constitucional.

O Jornal Nacional, na quinta-feira (26), e o Bom Dia Brasil, na sexta-feira (27), mostraram que a lista dos servidores que ganhavam acima do valor legal determinado pela Constituição foi publicada pelo Congresso em Foco. Em 2009, 464 funcionários receberam acima do limite legal. Na época, o salário mais alto revelado era de R$ 45 mil. Mas, como mostrou o Congresso em Foco, em 2011, já havia servidor recebendo R$ 55 mil mensais - às vezes R$ 106 mil em alguns meses.

O TCU determinou que o Senado tem 30 dias para ajustar os supersalários ao teto constitucional. A Corte também decidiu que o valor excedente pago nos últimos cinco anos, que chega a R$ 300 milhões terá que ser devolvido. Na quinta-feira (26), o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou que os servidores terão descontados 10% do salário todo mês até completar o valor a ser devolvido. No entanto, o Sindilegis irá recorrer da decisão porque avalia que o erro não foi dos servidores.

Mais sobre supersalários

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!