Suíça investiga Cunha por suspeita de corrupção e lavagem de dinheiro

O presidente da Câmara é suspeito de ter propina por vazamento de informações privilegiadas sobre venda para a Petrobras de campo de petróleo em Angola

Além das pendências judiciais no Brasil por suposto envolvimento nos esquemas de corrupção da Petrobras, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), também é investigado na Suíça. Lá, ele é suspeito de ter recebido propina por vazamento de informações privilegiadas na venda de um campo de petróleo em Benin, na África, para a Petrobras. A conta em que depositou o dinheiro está bloqueada, segundo autoridades do país. As informações são do jornal O Globo.

De acordo com a reportagem, a investigação sobre os supostos crimes já está avançada. Os documentos da apuração do Ministério Público da Suíça serão enviados ao Brasil até a próxima semana. Recebidos, o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, poderá optar por abertura de inquérito contra o presidente da Câmara e começar uma nova investigação, ou já apresentar uma denúncia contra o peemedebista. Cunha foi denunciado em agosto por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em decorrência da Operação Lava Jato.

Último delator da força-tarefa que fez menção a Cunha, o lobista João Augusto Rezende Henriques pode ter colaborado com a confirmação das suspeitas dos autos que correm na Suíça.  Ele disse que fez um depósito em conta que, mais tarde, descobriu que pertencia ao deputado fluminense. Segundo ele, o montante era uma retribuição à venda de um campo de petróleo na referida cidade angolana para a estatal brasileira.

O lobista contou que se tornou sócio do empresário Idalecio de Oliveira, dono do terreno negociado por US$ 15 milhões com a petrolífera, após receber as informações privilegiadas. Conforme explica no depoimento, Henriques ficou com US$ 7,5 milhões e, depois, fez pagamentos para pessoas que o ajudaram a concretizar a venda.

Confira reportagem completa

Mais sobre Eduardo Cunha

Mais sobre Operação Lava Jato

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!