Rede do governo federal é usada para qualificar como “terrorista” grupo a que Dilma pertenceu

Alteração feita na Wikipédia diz que a organização VAR-Palmares, que teve a presidente afastada entre os seus integrantes, lançava mão de “práticas terroristas” visando a “implantação de uma ditadura comunista no Brasil”

Em agosto de 2014, uma alteração feita nos perfis da Wikipédia dos jornalistas Miriam Leitão e Carlos Alberto Sardenberg causou grande polêmica. O motivo foi o fato de um computador da Casa Civil da Presidência da República ter sido usado para fazer críticas severas aos dois analistas econômicos, colocando em dúvida tanto a sua competência profissional quanto a sua ética. Na época, o principal gabinete do Palácio do Planalto era ocupado por Dilma Rousseff, então candidata à reeleição.

 

Agora, a própria Dilma é atingida, ainda que de forma indireta, por uma mudança feita na Wikipédia de um computador logado na rede do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). O terminal foi utilizado, na tarde desta terça-feira (5), para modificar a definição do verbete “VAR-Palmares”, a Vanguarda Armada Revolucionária Palmares, grupo armado que lutou contra a ditadura militar no final da década de 1960 e início dos anos 1970 e que teve a presidente afastada entre os seus integrantes.

Antes, a Wikipédia dizia que a “Vanguarda Armada Revolucionária Palmares foi uma organização política brasileira de extrema esquerda, que atuou durante a ditadura militar brasileira (1964-1985) utilizando-se de tática de guerrilha urbana, visando a derrubada do regime”.

Já o texto alterado afirma que a VAR-Palmares “foi uma organização política brasileira de extrema esquerda, que atuou durante a ditadura militar brasileira (1964-1985) utilizando-se de práticas terroristas visando a derrubada do regime e implantação de uma ditadura comunista no Brasil".

A mudança foi identificada pelo Brasil Wikiedits, perfil que monitora as alterações operadas na conhecida enciclopédia virtual a partir da rede dos Três Poderes. Os perfis de outros grupos que lutaram contra a ditadura, como MR-8 e Colina, não sofreram nenhuma modificação.

Paulo Freire

Na semana passada, o Brasil Wikiedits constatou que a rede do Serpro havia sido usada para alterar o perfil biográfico do educador Paulo Freire na Wikipédia. Com as mudanças, ele passou a ser descrito como um dos responsáveis pela “doutrinação marxista” no país.

Em nota, o Serpro informou que a alteração não partiu de suas instalações, mas de um órgão público federal que não poderia ter o nome divulgado por questões contratuais.

Em relação à alteração do artigo sobre a VAR-Palmares, a empresa de TI informou que está trabalhando para confirmar a origem da alteração do conteúdo da Wikipedia. A Sepro destacou ainda que "alterações na Wikipédia, que foi criada com o objetivo de ser construída com conteúdo colaborativo, são permitidas para qualquer cidadão e o Serpro não tem gestão sobre a inclusão ou o compartilhamento de informações nesta plataforma".

Em 2014, uma reportagem do jornal O Globo informou que nos primeiros três anos e meio de mandato de Dilma foram promovidas 170 modificações na Wikipédia a partir de computadores da Presidência da República.

A mais polêmica delas envolveu os perfis de Miriam Leitão e Sardenberg. Um dos trechos acrescentados afirmava que a colunista tinha considerado “temerário” o fato de o governo ter previsto um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB)  de 4,5% em 2010. “Contrariando o pessimismo de Miriam Leitão, o Brasil cresceu 7,5% naquele ano”, completava o texto.

Sardenberg era criticado por ter um irmão economista, que trabalhava para a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e por ter cometido “erros notáveis em suas previsões”.

Os dois jornalistas, entidades de defesa da liberdade de expressão e diversos partidos políticos reagiram contra o uso da estrutura governamental para promover ataques à imprensa.

 

 

Mais sobre ditadura militar

Mais sobre mídia

Mais sobre ciência e tecnologia

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!