Serra defende formalização de Aécio pelo PSDB

Na prática, ex-governador de São Paulo e duas vezes derrotado à Presidência da República desiste de disputar o pleito de 2014. Para tucano, nome do senador mineiro deve ser confirmado "sem demora"

O ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) defendeu nesta segunda-feira (17) a formalização "sem demora" do senador Aécio Neves (PSDB-MG) como candidato do partido à Presidência da República nas eleições de 2014. Na prática, a manifestação de Serra, feita no seu perfil no Facebook, representa a desistência do tucano em concorrer pela terceira vez ao Palácio do Planalto.

"Como a maioria dos dirigentes do partido acha conveniente formalizar o quanto antes o nome de Aécio Neves para concorrer à Presidência da República, devem fazê-lo sem demora", afirmou Serra na rede social. O ex-governador de São Paulo disputou dois pleitos presidenciais. Perdeu para Lula em 2002 e para Dilma Rousseff em 2010. Ambas as eleições foram decididas no segundo turno.

No texto, Serra agradeceu o apoio recebido para concorrer novamente à Presidência da República. Após a derrota em 2010, e com a reeleição de Geraldo Alckmin para governador de São Paulo, o candidato natural do PSDB passou a ser Aécio Neves. Após o tucano mineiro ser eleito presidente nacional do partido, viajando pelo país para divulgar seu nome, cresceu dentro da legenda a pressão para o ex-governador de Minas Gerais oficializar a pré-candidatura.

Leia mais sobre as eleições de 2014

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!