PMDB indica senador Vital do Rêgo para o TCU

Presidente da CCJ e das duas CPIs da Petrobras no Congresso, peemedebista paraibano vai disputar a vaga deixada pela aposentadoria de José Jorge, que se aposentar compulsoriamente ao completar 70 anos

O presidente do Senado, Renan Calheiros, anunciou na noite desta terça-feira (25) que foi encerrado o prazo para a inscrição de nomes indicados para o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). O nome do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) foi o único inscrito para a vaga do ministro José Jorge, obrigado a se aposentar porque completou 70 anos no último dia 18.

Renan anunciou que o nome de Vital do Rêgo será submetido à análise da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Se aprovado, ainda terá de passar pela análise do Plenário do Senado. O TCU é um órgão de controle externo, auxiliar do Congresso Nacional.

O peemedebista paraibano atualmente preside a CCJ do Senado e ainda comanda as duas comissões parlamentares de inquérito que funcionam no Congresso para investigar as denúncias de desvios na Petrobras. Considerado aliado fiel da presidenta Dilma Rousseff, disputou o governo da Paraíba em outubro e ficou em terceiro lugar com 5,22% dos votos válidos, bem atrás do também senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e do governador Ricardo Coutinho (PSB), que acabou reeleito no segundo turno.

Se confirmado pelos colegas, Vital vai assumir a vaga deixada pela aposentadoria de José Jorge. O ex-senador do PFL (hoje DEM) se aposentou ao completar 70 anos. Inicialmente, a ideia do Palácio do Planalto era indicar a ex-senadora e atual ministra dos Direitos Humanos, Ideli Salvatti, para o cargo. A petista esteve no Senado semana passada tentando articular sua candidatura. No entanto, como a disposição na Casa era pela condução do peemedebista, acabou não se apresentando.

Assine a Revista Congresso em Foco

Com informações da Agência Senado

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!