Reforma da Previdência: inclusão de estados fica para o plenário

A discussão sobre a reinclusão de estados e municípios na reforma da Previdência deve ficar para o plenário da Câmara dos Deputados. É que parlamentares e governadores ainda não chegaram a um acordo sobre o assunto, mesmo depois da reunião ocorrida nesta terça-feira (2).

A falta de consenso foi revelada pelo relator da proposta na comissão especial que analisa o tema, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP). Com a promessa de ler a sua complementação de voto ainda na tarde desta terça, Moreira admitiu, então, que não fez alterações substanciais no seu parecer. Ele também ainda sugeriu que, diante dessa falta de consenso, o melhor caminho para a questão dos estados e municípios seria a apresentação de uma emenda durante a votação no plenário.

“Ainda tem mais umas horas, está tudo em ordem, os governadores ainda têm uma expectativa, mas o melhor procedimento é no Plenário, o que não é ruim, é bem possível e mais fácil. O Rodrigo Maia vai conversar com alguns líderes”, disse Moreira.

Em depoimento publicado nas redes sociais, o governador do Ceará, Camilo Santana, que participou da reunião, confirmou que os governadores apresentaram os seus pleitos e agora estão aguardando "a definição dos líderes partidários, que continuam discutindo o assunto".

> Estados se distanciam da reforma da Previdência

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!