Rede lança campanha “Nem Dilma nem Temer” e defende novas eleições

Partido de Marina Silva considera que presidente e vice são "responsáveis pela atual situação do Brasil" e se reúne amanhã em Brasília para defender a convocação de novas eleições

A Rede Sustentabilidade lançará amanhã a campanha "Nem Dilma nem Temer, nova eleição é a solução". O ato será realizado as 12h no Hotel Nacional, em Brasília, e contará com a presença de Marina Silva, de parlamentares da Rede e de outros partidos, como Cristovam Buarque (PPS-DF).

Para a Rede, nem Dilma nem seu vice, Michel Temer podem solucionar a crise política do país. "Ambos são responsáveis pela atual situação do Brasil. Por isso, a realização de um novo pleito é a melhor forma de enfrentar esse contexto, ao devolver à sociedade a opção de rever sua opção através do voto", diz a nota divulgada pelo partido.

Segundo levantamento divulgado em março pelo Datafolha, a ex-ministra do Meio Ambiente lidera todas as simulações de cenário para a corrida presidencial de 2018. De acordo com o instituto, Marina Silva tem mais intenções de voto do que todos os atuais presidenciáveis em um percentual que varia entre 21% e 24%, a depender do candidato do PSDB escolhido. Nas eleições de 2014, Marina recebeu mais de 22 milhões de votos, ficando em terceiro lugar no primeiro turno.

Mais sobre Eleições 2018

Mais sobre impeachment

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!